26 de out de 2016

Cléo Busatto é finalista do 58º Prêmio Jabuti, o mais tradicional e prestigiado prêmio da Literatura Brasileira

Escritora concorre na categoria juvenil com a obra “A fofa do terceiro andar”, que aborda bullying e empoderamento feminino

cid:image001.jpg@01D22DFE.540B1040
Curitiba, 24 de outubro de 2016 / Talk Comunicação – A escritora catarinense Cléo Busatto, radicada em Curitiba há mais de 20 anos, é uma das finalistas na categoria juvenil do 58º Prêmio Jabuti, o mais tradicional e prestigiado prêmio da Literatura Brasileira, promovido pela Câmara Brasileira do Livro. Cléo foi indicada pelo livro “A fofa do terceiro andar”, que aborda assuntos que fazem parte do dia a dia dos adolescentes do século XXI: o bullying e o empoderamento feminino.

O livro “A fofa do terceiro andar” é o diário da vida de Ana, uma jovem de 14 anos que se descobre acima do peso, com poucas aptidões para o esporte e que é alvo de bullying na escola. No decorrer da narrativa, Ana cresce, amadurece, descobre o amor e a auto aceitação, em um interessante processo de empoderamento. “Foi a primeira indicação que eu tive ao Jabuti, pois acho que só agora encontrei uma maturidade emocional na minha escritura, o que resulta em obras passíveis de serem premiadas. A ‘Fofa’ é um texto poético e os leitores amam, o que para mim é muito importante. O leitor dá vida ao meu texto. Concorrer ao Jabuti, que é sem dúvida o prêmio de maior prestígio da literatura no Brasil, é bem significativo pra mim”, conta a escritora. 

Cléo Busatto também desenvolve desde outubro de 2016 o projeto literário “De caso com a palavra: segunda edição”, que irá 18 cidades de todo o Paraná com o objetivo de formar atendentes de bibliotecas, bibliotecários e mediadores de leitura da Rede de Bibliotecas Públicas do Paraná, das bibliotecas escolares e de instituições da comunidade, por meio de duas ações: a oficina de formação de mediadores e o fórum sobre leitura e literatura, que acontece a partir de 2017. 

A escritora já recebeu indicação para prêmios de obras anteriores, como o “Pedro e o Cruzeiro do Sul” que foi finalista do 1º Prêmio Barco a Vapor, e o “O florista e a gata”, incluído no catálogo internacional da Feira de Bologna, Itália.  A cerimônia de entrega do prêmio será no dia 24 de novembro, no Auditório do Ibirapuera, em São Paulo (SP). 

Sobre Cléo Busatto
Cléo Busatto é uma artista da palavra. Autora de mais de 20 obras, entre literatura para crianças e jovens, teóricos sobre oralidade e CD-ROMs, que venderam em torno de 190 mil exemplares. Catarinense radicada em Curitiba (PR), Cleo é Mestre em Teoria Literária pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC e pesquisadora transdisciplinar, formada pelo Centro de Educação Transdisciplinar (SP) - Cetrans.
Nos últimos cinco anos, como narradora oral, contou histórias para mais de 100 mil pessoas no Brasil e exterior, e como especialista e mediadora de projetos sobre oralidade, leitura e literatura, formou mais de 50 mil pessoas. Como escritora infantojuvenil é autora de A Fofa do Terceiro Andar, Mitologia dos 4 Elementos, Paiquerê, O Florista e a Gata, entre outras obras. Mais informações no site:http://cleobusatto.com.br/

Sobre o projeto De caso com a palavra: segunda edição
O De caso com a palavra: segunda edição é um evento literário concebido pela escritora Cléo Busatto e que integra as metas estabelecidas para o Plano Estadual do Livro, Leitura e Literatura (PELLL), da Secretaria de Estado da Cultura do Paraná. O projeto foi selecionado pelo Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura (PROFICE), com apoio da Copel (Companhia Paranaense de Energia), e visa à formação de atendentes de bibliotecas, bibliotecários e mediadores de leitura, da Rede de Bibliotecas Públicas do Paraná, das bibliotecas escolares e de instituições da comunidade, por meio de duas ações: a oficina de formação de mediadores e o fórum sobre leitura e literatura. Serão realizadas 18 oficinas, em 18 cidades-polo, que irão sediar o trabalho e acolher os profissionais dos municípios vizinhos para a capacitação. A primeira edição do De caso com a palavra, que aconteceu entre 2012 e 2013, formou 470 profissionais do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas Municipais PR e beneficiou 5,7 mil pessoas. 






Nenhum comentário: