22 de set de 2016

Nicola Són se apresenta no Serralheria

O artista francês volta a São Paulo com o show Sampathique (Sampa/Symapthique)

Francês com sotaque brasileiro, Nicola Sónapresenta sua variedade de sons e ritmos como samba-rock, groove, MPB, eletro e afrobeat, na sexta-feira, 23 de setembro, às 22h no Serralheria.

Nicola volta a São Paulo com o show de lançamento de SAMPATHIQUE, o terceiro álbum de uma trilogia dedicada ao Brasil. O primeiro disco, PARIOCA (2011), tem influência do samba carioca, do sambalanço e da bossa nova, enquanto NORD DESTIN(2013) traz referências da música do Nordeste e tem participações de João Donato e do grupo Casuarina.

SAMPATHIQUE (contração de SAMPA e SYMPATHIQUE) associa a canção francesa ao ambiente musical de São Paulo, cidade onde o artista está radicado desde 2013. Com produção do paulistano Paulo Lepetit, o CD tem 11 faixas e participações de Zeca Baleiro e Edgar Scandurra. Além de violonista, cantor e compositor, Nicola Són é também pesquisador. "Sua busca pela musicalidade mais simbólica de determinada região é vasta, profunda e costuma se traduzir em dois tipos de releituras. Há homenagens tácitas aos artistas e criadores que marcaram a canção popular de determinada região (e dali para o Brasil e para o mundo). E há traduções em francês daquele sentimento que transborda a música local e clareia caminhos para além dos limites geográficos e culturais", comenta Igor Ribeiro, um dos parceiros de Nicola.

Com letras em francês e português, Nicola tocará no Serralheria músicas do novo disco como "L´Éternité", "Expatrie" e "No Transito", que ganhou um clipe gravado pelas ruas de São Paulo, e de seus discos anteriores como "Samba Dingue" (sua versão da bossa "O Pato", de Jayme Silva e Neuza Teixeira) e "Teresa" (gravada em Nord Destin).

Nicolas Són (guitarra e voz) será acompanhado por Lucas Rogério (baixo), Rafael Heiss (bateria), Adriano Magoo (teclado), Diego Lisboa (sax e flauta) e Fábio Oliva (trombone).

Nascido em Paris, em uma família de origem armênia, embalado ao som do duduk e da kotchari, Nicola descobriu na adolescência a música "Lígia", de Tom Jobim, na interpretação de João Gilberto e Stan Getz. Alguns anos mais tarde, chega ao Rio de Janeiro pela primeira vez para estudar a língua portuguesa, mergulhar na cultura e aprofundar seus conhecimentos sobre a música nacional. Atravessa o Brasil passando por São Paulo Manaus, Amazônia, Belém, Fortaleza, Recife... e começa seu trabalho reunindo suas influências com as músicas francesa e brasileira.


Imagem

Assista o clipe No Transito, gravado em São Paulo: https://youtu.be/xa-WmMmHv_k

 

Nicola Són apresenta 'Sampathique' no Serralheria

23 de setembro, 22h (abertura da casa)

Serralheria (Rua Guaicurus, 857, Água Branca, São Paulo/SP).

Abertura do show: banda Funkonnect

Ingressos:

- R$15 Antecipado - Venda on-line sem taxas pelo Grabit: http://bit.ly/2c8p83A

- R$22 Na porta

Nenhum comentário: