28 de jul de 2016

Dor de cabeça pode estar associada a azia e má digestão

De acordo com o IBGE, sintoma é o quinto que mais afasta brasileiros de atividades habituais

Dor de cabeça é o tipo de sintoma ocasionado por motivos diversos, alguns graves que fazem com que ela seja mais frequente e forte; outros pontuais que nos pegam de surpresa e incomodam nossa rotina. De acordo com dados da Pesquisa Nacional de Saúde divulgados pelo IBGE em 2015, dor de cabeça é o quinto sintoma (4,7%) que mais faz com que brasileiros se afastem de suas atividades habituais, ficando atrás inclusive de diarreia, vômito e náuseas[1]. Um dos desafios na hora em que essa dor aparece é identificar de onde ela vem. Às vezes a atrelamos a stress ou a uma noite mal dormida, mas você sabia que ela está relacionada à azia e má digestão?

Nem todo mundo sabe, mas a dor de cabeça sentida logo após uma refeição mais pesada e ao mesmo tempo em que estamos com algum desconforto gástrico nada mais é do que o reflexo da desregulação da comunicação bidirecional entre o trato gastrointestinal com os sistemas nervosos, entérico e central. Deixando os termos técnicos de lado, é a consequência do ruído na comunicação entre a digestão e a rede de neurônios que integra os sistemas digestivo e nervoso. O desequilíbrio desse contato acontece e a dor logo aparece.

“Esse fenômeno está relacionado diretamente à refeições pesadas e é mais comum após o consumo de determinados alimentos como café, chás, bebidas carbonatadas, chocolates e alimentos picantes, por exemplo. Por outro lado, ficar sem comer por muito tempo também pode ocasionar o mesmo efeito de dor. Geralmente os sintomas gastrointestinais estão presentes antes e junto com o aparecimento da dor de cabeça”, explica a Dra. Ana Santoro, Gerente Médica da GSK no Brasil.

Ainda de acordo com a médica, pessoas com gastrite, úlcera ou problemas recorrentes do estômago são mais suscetíveis a dores de cabeça desse tipo, mas ainda não há evidências de que a dor de cabeça possa se tornar algo mais sério com o passar do tempo. Porém qualquer sintoma que se torne persistente deve ser investigado por um médico
                                                                           
Uma das formas de combater o problema é utilizar medicamentos que contenham ácido acetilsalicílico. Um dos principais é o Sonrisal, disponível hoje nas farmácias de todo o Brasil. Sonrisal possui efeito 2 em 1, que combate a azia e a má digestão ao mesmo tempo em que dribla a dor de cabeça. Para isso é recomendado que os dois comprimidos do produto sejam consumidos simultaneamente. Qualquer sintoma que se torne persistente deve ser investigado e acompanhado por um médico. O produto não é indicado em casos de suspeita de dengue.

Sobre Sonrisal
Sonrisal é um medicamento antiácido e analgésico contra azia e dor de cabeça. Os princípio ativos são bicarbonato de sódio, carbonato de sódio, ácido acetilsalicílico e ácido cítrico. É disponibilizado nas farmácias de todo o Brasil nos sabores tradicional e limão e nos formatos de sachês com dois comprimidos e embalagens com cinco sachês. ESTE MEDICAMENTO É CONTRAINDICADO EM CASOS DE SUSPEITA DE DENGUE. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. Indicações: azia, má digestão e dor de cabeça. MS 1.0107.0141 – CHBR/CHSON/0022/16.

Sobre GSK
Uma das indústrias farmacêuticas líderes globais, a GSK está empenhada em melhorar a qualidade da vida humana permitindo que pessoas façam mais, vivam mais e sintam-se melhores. Saiba mais em www.gsk.com.

Nenhum comentário: