28 de jul de 2016

11° FESTIVAL DE CINEMA LATINO AMERICANO ANUNCIA VENCEDORES





Em cerimônia foi realizada dia

 27/07, na tenda de projeções do Memorial da América Latina, foram anunciados os vencedores da 11ª edição do Festivalde Cinema Latino-Americano de São Paulo.

Dirigido por Caio Soh e protagonizado por Nathalia Dill, Emílio Orciollo e Paula Burlamaqui, o longa-metragem “Por Trás do Céu” foi contemplado com o prêmio do público do evento. A obra foi filmada no interior da Paraíba, numa paisagem assolada pela pobreza. Nesse lugar, a vida brota diariamente a partir dos sonhos de Aparecida, mulher forte, simples e com grande fascinação pelo saber. 

Já a competição Mostra Escolas de Cinema Ciba-Cilect teve como premiada a produção mexicana “Aurélia e Pedro”, na qual mãe e filho vivem isolados e o garoto não consegue entender que lá fora exista um mundo totalmente indiferente à sua situação. O curta-metragem tem direção de José Permar e Omar Robles e já havia sido exibido no Festivalde Berlim, dentro da seção Generation Kplus. 


O júri da Mostra Escolas de Cinema Ciba-Cilect, composto pela cineasta Beatriz Seigner, pela atriz Débora Duboc e pela produtora cultural Patrícia Durães, outorgou ainda uma menção honrosa a “Polski”, realização cubana dirigida por Rubén Rojas Cuauhtemoc. No filme, um velho automóvel se transforma na possibilidade de um novo futuro - mas, no fim, o que se revela é um moneo de engrenagens que não funcionam.

Já o prêmio de coprodução foi para “A Última Terra” (Paraguai/Holanda/Chile/Qatar), de Pablo Lamar. O longa-metragem é passado em uma colina isolada, onde vive um casal de idosos. A obra já havia conquistado o prêmio especial do júri da competição principal do Festival de Roterdã e o premio  da  crítica  francesa no o Festival de Toulouse.

Com a cineasta paulista Anna Muylaert sendo a grande homenageada do ano, o Festivalde Cinema Latino-Americano de São Paulo exibiu 118 títulos, representando 13 países da América Latina e do Caribe. Dividida nas seções Contemporâneos, Homenagem Anna Muylaert, Divas, Cine Negro, Mulheres Atrás das Câmeras, Mostra Escolas de Cinema Ciba-Cilect, DocTV Latinoamérica 10 Anos e Encontros e Debates, as atividades acontecem no Memorial da América Latina (tenda de projeções e espaço PETROBRAS de encontros), Cinesesc, Centro Cultural Banco do Brasil, Circuito Spcine Lima Barreto (Centro Cultural São Paulo), Circuito Spcine Olido, Circuito Spcine Caminho do Mar, Circuito Spcine Meninos, Circuito Spcine Perus e Centro de Pesquisa e Formação do Sesc São Paulo.

A curadoria do 11º Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo é assinada por João Batista de Andrade, Jurandir Müller e Francisco Cesar Filho, sendo estes dois últimos também diretores do evento. Uma realização do Memorial da América Latina, da Secretaria de Estado da Cultura, e da Associação do Audiovisual, o festival é uma iniciativa do Ministério da Cultura / Lei Federal de Incentivo à Cultura. Conta com patrocínio da Petrobras, correalização da Spcine e do Sesc São Paulo, e apoio cultural do Centro Cultural Banco do Brasil.


Nenhum comentário: