13 de jun de 2015

Performances exploram o erotismo de Ulysses, de James Joyce, no Bloomsday 2015


Edição do Bloomsday 2015 na Casa Guilherme de Almeida revela a sensualidade presente no romance Ulysses, a partir da encenação do monólogo de Molly Bloom e no diálogo das garçonetes do Bar do Hotel Ormond

O romance Ulysses, a obra-prima de James Joyce, é considerado por muitos o romance mais importante e inovador da literatura ocidental publicado no século XX, tem fama de difícil. Embora complexa, a obra também se mostra bastante divertida para os que se dispõem a lê-la e a surpreender-se com a estranheza que o texto ainda desperta. Considerado obsceno no período de sua publicação – chegando a ser proibido na Inglaterra e nos Estados Unidos – o livro tem no erotismo um de seus elementos fundamentais. 

A celebração do Bloomsday 2015, na Casa Guilherme de Almeida vai mostrar essa faceta mais estimulante para quem quer conhecer a obra ou se impor o desafio de lê-la. No evento, a casa abordará esse aspecto por meio do capítulo que, na livre paródia da Odisseia criada por Joyce, corresponde ao episódio das Sereias na epopeia homérica: nele as “sereias” são as senhoritas Douce (“Bronze”) e Kennedy (“Ouro”), garçonetes do bar do Hotel Ormond, em Dublin, que serão vividas por atrizes no Finnegan´s Pub. Mas o ponto culminante do romance também será lembrado: o monólogo final da sensual Molly, esposa infiel de Bloom, será objeto de uma performance no Anexo da Casa Guilherme de Almeida, após a exibição de filmes baseados em Ulysses.

As atividades na Casa Guilherme de Almeida ocorrerão nos dias 13 (a partir das 15h) e 16, com a parceria do Finnegan’s Pub, onde o Bloomsday nasceu em São Paulo (a partir das 19h). O evento deste ano traz filmes, comentários, leituras, música e performances evocando Molly Bloom e as garçonetes do capítulo das “Sereias”, do romance Ulysses.

Entenda o que é Bloomsday

Dia 16 de junho é comemorado o Bloomsday, data em homenagem ao escritor irlandês James Joyce, criador do romance Ulysses, um dos marcos da história da literatura mundial. O termo vem do nome Leopold Bloom, personagem central do livro. 

Confira a Programação Completa: 
BLOOMSDAY 2015Celebração anual da obra de James Joyce Coordenação de Marcelo Tápia e Ivan de Campos 

13 de Junho de 2015, a partir das 15hLocal: Casa Guilherme de Almeida Anexo (Rua Cardoso de Almeida, 1943)
Ulysses e o cinema 
Duas versões cinematográficas do romance Ulysses, de James Joyce, serão apresentadas e discutidas no anexo da Casa Guilherme de Almeida: da primeira produção,Ulysses, de 1967 (dirigida por Joseph Strick), serão vistos trechos, aos quais se seguirá, na íntegra, o filme Bloom, de 2003 (dirigido por Sean Walsh).
Performance de encerramento: “Sim, eu quero sim”
A atriz Isabela Mariotto (do grupo Teatro da Peste) encarna Molly Bloom, apresentando a parte final do famoso monólogo da personagem de Ulysses. Após a performance, será oferecida degustação de Jameson Irish Whiskey.

16 de Junho de 2015, a partir das 19hLocal: Finnegan’s Pub (Rua Cristiano Viana, 358 – Pinheiros)
"O canto das sereias" 
O Bloomsday 2015, inspirado pela natureza paródica do Ulysses de Joyce e, particularmente, pelo capítulo correspondente ao episódio das Sereias da Odisseia de Homero, focalizará o tema desde sua origem, evocando sua presença no mundo mítico da Grécia Antiga, na própria literatura e música brasileiras – incluindo correspondentes indígenas e afro-brasileiros do mito, como a Uiara do Macunaíma, de Mário de Andrade – para chegar ao romance de Joyce, com as garçonetes (as “sereias”) do bar do Hotel Ormond, em Dublin. Compondo um coro universal, trechos do episódio também serão lidos em diversos idiomas, do hebraico ao português. 
Um dos momentos principais da celebração acontecerá durante a performance erótico-cômica “As sereias no bar do Hotel Ormond: Miss Douce (Bronze) e Miss Kennedy (Ouro)”, com Júlia Bournier e Gabriela Mafud (do grupo Teatro da Peste). As atrizes, caracterizadas como as garçonetes do bar, manterão um diálogo baseado em breves fragmentos do capítulo, mostrando algo de suas relações de sensualidade e repulsa com os homens, “uns idiotas completos”. 

A música terá forte participação no evento, que contará com apresentação de gaita de foles, de música instrumental irlandesa – por duas bandas com repertório diverso – e de canções voltadas ao tema das sereias, além de uma “jam session” de encerramento. Apoio: Jameson Irish Whiskey.

Participação no Bloomsday do Rio de Janeiro
A convite dos organizadores do Bloomsday, que acontecerá na Faculdade de Letras da UFRJ, o poeta, professor e diretor da Casa Guilherme de Almeida, Marcelo Tápia fará uma intervenção de 30 minutos por Skype, no dia 16 de junho, às 12h30, sobre a história do evento no Brasil.
Os interessados em participar das atividades devem realizar a inscrição pelo site www.casaguilhermedealmeida.org.br ou ligar para (11) 3673-1883. A entrada é gratuita. 
Serviço: 
Casa Guilherme de Almeida Anexo Rua Cardoso de Almeida, 1943. Tel. 3673-1883. Entrada Gratuita.www.casaguilhermedealmeida.org.br 
Finnegan’s Pub 
Rua Cristiano Viana, 358 – Pinheiros Tel.: 11 3062-3232 Entrada Gratuita para o evento no dia 16/06.(O visitante só pagará algum valor no caso de consumação no pub) www.finnegans.com.br

Nenhum comentário: