17 de nov de 2014

QUER FAZER INTERCÂMBIO, MAS NÃO SABE QUAL PAÍS ESCOLHER?



 QUER FAZER INTERCÂMBIO, MAS NÃO SABE QUAL PAÍS ESCOLHER?
CI revela os cinco destinos mais procurados pelos intercambistas

 Viajar e fazer intercâmbio está em alta. Cada vez mais, adolescentes, jovens e adultos buscam uma experiência internacional. O brasileiro já reconheceu a importância, mas além de tudo, o prazer de conhecer outra cultura, explorar outros países e dominar mais de um idioma. Pesquisa realizada pela BCG Consultoria revela que 23% dos americanos estão mais interessados em viajar do que seus pais. O Brasil segue essa tendência, uma pesquisa feita pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) aponta que 33% dos viajantes brasileiros fazem parte da geração Y, formada por jovens entre 16 e 34 anos.

O turismo não é o único caminho, a educação profissional, os cursos de idiomas, profissionalizantes ou até a graduação no exterior, estão entre os roteiros mais procurados. Mas como escolher o país mais alinhado com o seu perfil para fazer o tão almejado intercâmbio? A CI, maior empresa de intercâmbio e turismo jovem do país, revela os cinco países mais populares entre os intercambistas: Estados Unidos, Canadá, Inglaterra, Austrália e Irlanda.

Os EUA é o destino mais procurado, com 35% da preferência, devido à popularidade do país e da influência cultural, política e econômica sobre os brasileiros. “Como a fluência da língua inglesa é uma exigência do mercado de trabalho, quando o intercambista pensa em estudar o idioma, na maioria das vezes, os EUA são a primeira opção que vem a mente, seja pelo alto nível do ensino, como pela excelente infraestrutura do país”, explica a gerente de produtos da CI, Luiza Vianna.

Com 30%, o Canadá é a segunda opção, principalmente devido ao ótimo custo-benefício. O intercâmbio para este país pode sair mais barato se comparado com outros locais, mas também é um dos principais destinos escolhidos pela facilidade para obtenção do visto, segurança, qualidade do ensino e hospitalidade. “O intercambista se surpreende, pois quando chega ao destino encontra um dos países mais bonitos e organizados do globo. O estudante também pode dividir o intercâmbio e estudar inglês  em uma cidade e francês em outra”, afirma a gerente. As cidades mais solicitadas são: Toronto, Vancouver e Montreal.

A Inglaterra vem em terceiro lugar na preferência dos intercambistas, com 14%. A facilidade em relação ao visto é um atrativo. O estudante pode ficar até seis meses no país sem a necessidade de apresentá-lo, embora tenha que ficar atento à imigração inglesa, já que é ela que define se o estrangeiro pode entrar ou não no país. “Recomendamos que o intercambista chegue ao destino com todos os documentos necessários como: passagem de ida e volta comprada e com data marcada; declaração financeira, que comprova que tem recursos para ficar no país durante o período estabelecido, comprovante de endereço e contato telefônico de onde vai se hospedar, além de uma carta da escola que vai estudar”, ressalta Luiza, “A vantagem da Inglaterra é que o estudante pode conhecer outros países​ da​ Europa, enquanto estuda, pela proximidade”, afirma a gerente. Quanto à cidade, a primeira opção ainda é Londres.

A Austrália e a Irlanda estão na quarta e quinta posição da lista com 4% cada, respectivamente. Um dos motivos da preferência e que eles estão entre os únicos países em que o estudante pode trabalhar oficialmente enquanto estuda. “A Austrália também atrai o estudante por ser um país jovem, multicultural e conhecido pelas belezas naturais, como praias, desertos e florestas tropicais”, aponta a gerente. Sidney, Brisbane e Melboure estão entre as cidades mais procuradas. No caso da Irlanda, Dublin e Galway são as primeiras opções. “Independente do país, o intercâmbio é um experiência transformadora para qualquer indivíduo, tanto do ponto de vista pessoal quanto profissional”, conclui Luiza.

 Sobre a CI
 A CI – Central de Intercâmbio e Viagens – foi criada em 1988, na cidade de São Paulo. Em 26 anos de história, a agência já expandiu para 21 estados brasileiros, com mais de 70 unidades e também já embarcou mais de meio milhão de clientes. Só em 2013, a empresa foi responsável por mais de 70 mil embarques para o exterior. A CI trabalha com experiências internacionais únicas, seja para lazer, estudo ou trabalho. Cerca de 700 profissionais treinados atuam na área para desenvolver roteiros personalizados e para dar toda a orientação e suporte necessários para quem vai fazer um intercâmbio ou viajar. High School, Intercâmbio Teen, Cursos de Idiomas e Mochilão são os programas mais procurados, principalmente, entre jovens com idades entre 13 e 35 anos. O trabalho desenvolvido pela CI fez com que ela fosse eleita cinco vezes, pela Revista Viagem e Turismo, como a melhor empresa de intercâmbio do Brasil.

Nenhum comentário: