28 de nov de 2014

Projeto Latitude apresenta número recorde de galerias nas feiras de Miami











De 1 a 7 de dezembro, serão 15 galerias
na Art Basel Miami Beach, cinco na Pinta Miami, uma na Context e uma na Art Untitled

O Projeto Latitude – Platform for Brazilian Art Galleries Abroad, parceria entre a Associação Brasileira de Arte Contemporânea (ABACT) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) para a promoção do setor brasileiro de galerias de arte contemporânea, anuncia o maior número de galerias apoiadas em quatro feiras em dezembro. As feiras acontecem entre 1 e 7 de dezembro.

Na Art Basel Miami Beach, serão 15 galerias: A Gentil Carioca, Anita Schwartz Galeria de Arte, Casa Triângulo, Central Galeria de Arte, Galeria Fortes Vilaça, Galeria Leme, Luciana Brito Galeria, Galeria Luisa Strina, Mendes Wood DM, Galeria Millan, Galeria Marilia Razuk, Galeria Nara Roesler, Galeria Raquel Arnaud, Silvia Cintra + Box 4 e Vermelho.

O apoio acontece também à Galeria Pilar, na feira Art Untitled e às galerias Blau Projects, Luciana Caravello Arte Contemporânea, Mercedes Viegas Arte Contemporânea, Sergio Gonçalves Galeria e Zipper Galeria, presentes à feira Pinta Miami e Athena Contemporânea na Context.

Seis das galerias participantes dessa importante semana de arte recebem seu apoio pela primeira vez, caso das participantes da feira Art Untitled e da Central Galeria, participante da Art Basel Miami Beach.

As feiras de arte são um momento importante para a realização de contatos e para a efetivação de vendas. Segundo a 3ª edição da Pesquisa Setorial Latitude, divulgada em abril desse ano, 40% do volume de vendas das galerias acontecem em feiras. “A participação cada vez maior em feiras internacionais mostra o amadurecimento das galerias e a dinamização das exportações. É mais um importante passo de um mercado cada vez mais profissionalizado”, diz Mônica Novaes Esmanhotto, gerente do projeto Latitude.

Sobre o Projeto Latitude
O Projeto de Promoção Internacional do Mercado de Arte Contemporânea Brasileiro foi criado em 2007 pela Apex-Brasil em parceria com a Fundação Bienal de São Paulo e o segmento de galerias nacionais do mercado primário com o objetivo de fomentar as exportações brasileiras deste setor.
Em 2011, a Fundação Bienal de São Paulo passou a gerência do projeto para ABACT. Hoje, o projeto Latitude representa 49 galerias de arte contemporânea em seis estados, promovendo o trabalho de mais de mil artistas.

Nenhum comentário: