14 de nov de 2014

Na estação mais quente, plantas pedem cuidados especiais




O verão vem se aproximando e as temperaturas sobem o que causa desidratação e até mesmo morte das plantas no jardim

Muito calor e sol o dia inteiro. O verão está chegando e as temperaturas já começam a aumentar. Enquanto muitos gostam da estação mais quente do ano, as plantas sofrem com o calor intenso e os períodos de chuva dessa época do ano. Por isso, deve-se ter cuidado com as plantas durante essas mudanças climáticas.

“Os principais problemas que ocorrem com as plantas no verão são a desidratação, e até mesmo morte, e o apodrecimento das raízes e as doenças fúngicas, causadas pelas chuvas intensas”, explica o biólogo e consultor de vendas da Esalflores, Luis Henrique Cunha Vieira.

As plantas do outono-inverno, como o amor perfeito e a boca de leão, são as que mais sofrem. “Elas são menos resistentes e o metabolismo começa a regredir nessa época do ano, fazendo com que elas definhem”, explica.

A rega deve ser feita quase que diariamente em plantas externas e duas vezes por semana nas internas. No caso das externas, elas devem ser regadas nas horas do dia em que o sol está mais fraco, de preferência no final do dia. O biólogo explica que dessa forma elas passam a noite mais hidratadas e frescas. Já as internas podem ser borrifadas em dias secos e quentes.

“Nessa época, algumas flores ajudam a colorir o ambiente, especialmente o beijo americano, a vinca, a sálvia, a onze horas e a margarida. Folhagens como a palmeiras cica, helicônia, papirus e strelitzia ajudam a criar um clima ainda mais tropical”, completa o especialista.

A Floricultura e Garden Center da Esalflores fica na Rua 24 de Maio (n° 1839), no Bairro Rebouças, e funcionade segunda a sexta, das 8h às 19h; nos sábados, das 8h às 17h; e nos domingos, das 9h às 14h. Mais informações no site www.esalflores.com.br, na página da empresa no Facebook (www.facebook.com/Esalflores) e pelo telefone (41) 3091-0403.

Nenhum comentário: