11 de out de 2014

O cão de Pavlov, de José Carlos Mello




O que Ivan Petrovich Pavlov e três executivos têm em comum? No segundo romance

de José Carlos Mello descobrimos a conexão entre a teoria desenvolvida pelo cientista

russo sobre o condicionamento comportamental, o trabalho corporativo e os hábitos

no encravados no cerne da sociedade moderna. O quanto estamos condicionados

a nos comportar de certa forma no trabalho e o que ocorre quando as amarras são

desfeitas?

O texto percorre a vida de dois recém-aposentados em busca de uma ocupação, que

se recusam se entregar ao ócio, e um terceiro que ainda está na ativa, mas que: “é

negligente com seus deveres, na busca permanentemente se aperfeiçoar na arte do

nada fazer, trabalhar o mínimo possível para não ser demitido do seu emprego”.

Mello, que é leitor costumas de Fiodor Dostoievski, traz várias referências do escritor

para seu romance, por exemplo, sobre quando ele ficou aprisionado na Sibéria e

decidiu contar como a rotina de uma vida pode ser direcionada de outra forma. O

romance também dialoga com a temática do romancista russo ao abordar a ausência

de virtudes e a degradação dos valores no mundo corporativo.

A inspiração do autor veio dos anos em que trabalhou em fez carreira em Brasília,

onde se envolveu no mundo corporativo, lidando diretamente com a rotina do

trabalho politico. Após vivenciar todas essas experiências até poder se dedicar

integralmente a escrita literária, ele afirma:

“Condicionamentos de toda a existência não podem ser desfeitos de modo brusco sem

deixar graves sequelas. Desde o nascimento, as pessoas são ensinadas a obedecer,

a se ater a horários e prazos, a executar tarefas e a se enquadrar em hierarquias. De

repente, mais velhos, são libertados das obrigações impostas por outros; não tem

mais nada a fazer e ninguém a atender. A liberdade torna-se um castigo, uma punição

pelo ócio que passam a viver. Ocorre o contrário do esperado ao longo da vida útil. O

próprio qualitativo dessa primeira etapa indica que a partir de seu término a vida será

inútil”.

Título: O cão de Pavlov

Autores: José Carlos Mello

Capa: Casa de Ideias

Revisão: Stefano Bacchini

Formato: 21cm x 14 cm

Encadernação: Brochura

No de páginas: 312

Peso: 0,400 gramas

Assunto: Literatura brasileira

ISBN: 978-85-63739-48-3

Edição: 1a

Preço: R$ 49,90

Nenhum comentário: