16 de jun de 2014

Carol Bezerra canta: “Ainda Somos os Mesmos”


Depois do grande sucesso a intérprete volta aos palcos com o repertório de Elis Regina

Depois de homenagear Aracy Cortes, Aracy de Almeida e Elizeth Cardoso, cantando sambas e maxixes, e entoar cantos de candomblé com arranjos de jazz ao lado de Guga Stroeter, Carol Bezerra se rende ao universo inesgotável de Elis Regina: a mulher que conseguiu deglutir as referências mais importantes da história criativa musical do país, recriando-as e transformando-as em sua voz e interpretação, numa expressão imortal, misturando sociedade e intimidade  – e que nos representa em qualquer lugar.
            Este projeto, idealizado e protagonizado pela cantora e atriz Carol Bezerra, com arranjos dos renomados Leonardo Batista e João Cristal, consiste principalmente em algumas canções de “Transversal do Tempo” (1978) e do “Festival de Montreaux” (1979)  - shows musicalmente impactantes e inovadores de Elis -  permeados por outras canções do “Fino da Bossa” (1965/1966) - símbolo da brasilidade e das parcerias com Jair Rodrigues, Simonal e outros convidados que marcaram essa época.
Além disso, propõe uma reflexão sobre como este recorte histórico do fim da década de 1970 nos influencia como músicos da nova cena artística e como o repertório desta época, dito politizado, ainda é absolutamente atual, sublinhando um dos seus maiores sucessos: “Ainda somos os mesmos e vivemos como nossos pais”.
A direção geral e roteiro são assinados por Fernanda Maia, indicada quatro vezes ao prêmio shell de melhor diretora musical, sendo a grande vencedora de 2011 com o espetáculo "Lamartine” e novamente contemplada em 2012 com "L'Illustre Moliére”. Em 2013, ganhou o prêmio APCA de melhor espetáculo infantil com seu musical “Menino Lua”, baseado na obra de Luiz Gonzaga.

Sobre Carol Bezerra
Cantora e atriz brasileira, Carol atua constantemente em shows e musicais brasileiros no eixo – Rio-São Paulo, tendo recentemente se apresentado em Berlim e Londres. Já interpretou papéis de grande escala como:
- "Grandes Pequeninos" infantil musical de Jair Oliveira e Tânia Khallil, com direção de Isser Korik (onde foi indicada ao prêmio FEMSA de melhor atriz coadjuvante do primeiro semestre de 2010). 
- Substituiu Claudia Ohana no papel de Elis Regina, na estreia de musical em homenagem a Jair Rodrigues - aclamada pela opinião popular.
- Participou do Longa-metragem "Noel: Poeta da Vila", vivendo o papel de Aracy de Almeida.
- Ainda relembrando Aracy, fez participações: na série POR TODA A MINHA VIDA" DA TV GLOBO em homenagem ao Chacrinha, no show e no documentário "A Alma Roqueira de Noel" de Paulo Miklos, em homenagem ao centenário do compositor.
- "Divina Elizeth" de João Falcão e direção musical de Josimar Carneiro.
- "Tom e Vinícius" com direção de Daniel Herz e direção musical, também de Josimar Carneiro.
- Peça "Te amo, SP", projeto de Isser e Becky Korik com vários textos e direções de Roberto Lage, Alexandre Reinecke, Caco Ciocler, Kleber Montanheiro e Zé Henrique de Paula.

Ficha Técnica:
Arranjos: Elias Jó, João Cristal, Leonardo Batista
Piano: João Cristal
Violão: Vinícius Gomes
Baixo: Ronaldo Gama
Bateria: Daniel de Paula
Voz: Carol Bezerra

Direção Geral e Roteiro: Fernanda Maia
Assessoria de imprensa: Tudo em Pauta e Cícero Jr.
Luz: Fran Barros
Som: Pedro Maurano
Visagismo: Denylson – Wig Salão
Figurino: Andrea Ribeiro – DIVA
Direção de arte/ fotos/ material de divulgação: Vitor Vieira
Teaser/ making off e registro audiovisual: Dummy vídeo
Produção executiva: Carol Bezerra e Juliana Melo
Gerente de projetos culturais: Tom Corte
Administração: Cris Bezerra
Direção de Produção: Carol Bezerra

SERVIÇO:

Bar Ao Vivo
Data: 19 de junho
Local: Rua Inhambu, 229 - Moema
Horário: 21h30
Couvert: R$30,00

Nenhum comentário: