29 de abr de 2014

Museus, teatros e corpos artísticos do Estado de São Paulo oferecem toda a cultura brasileira durante a Copa do Mundo


O Estado de São Paulo oferece muito mais do que futebol a quem estiver no território paulista durante a Copa do Mundo 2014. Considerado o centro cultural do Brasil, o Estado oferece ao público uma ampla variedade de equipamentos e atividades culturais que, além de uma forma de lazer, são ideais para quem quer conhecer melhor o Brasil por meio de seus museus e de sua produção artística em música, dança, artes visuais e teatro.

O Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria da Cultura, mantém diretamente um conjunto de 18 museus (14 deles na Capital) que estão entre os mais visitados e conhecidos do Brasil. A lista inclui o Museu do Futebol, instalado sob as arquibancadas do Estádio Paulo Machado de Carvalho e que traça um panorama da cultura, da história e da sociedade brasileira a partir de sua relação com o esporte. Com acervo multimídia e interativo, o Museu oferece uma experiência sensorial aos seus visitantes. Durante o Mundial, o museu funcionará em horário expandido (das 9h às 22h) e exibirá a exposição temporária Brasil 20 Copas, que resgata a participação do País em todas as competições.

Também com acervo multimídia, o Museu da Língua Portuguesa é o único do mundo a ter um idioma como tema. Instalado numa tradicional estação de trem da cidade, ele promove uma viagem à sonoridade e aos sentidos da língua falada no Brasil. A mostra temporária O futebol na ponta da língua, sobre as influências do esporte no idioma, estará em cartaz durante o Mundial.

Para quem gosta de artes visuais, a visita à Pinacoteca do Estado é obrigatória. Trata-se do museu de arte mais antigo da cidade. No segundo andar da Pinacoteca, a exposição Arte no Brasil traça um panorama da produção artística brasileira da colonização à década de 1930. Nos demais espaços, o destaque é a produção contemporânea nacional e internacional. A exposição retrospectiva da artista brasileira Mira Schendel – produzida em parceria com a Tate, de Londres - estará sendo exibida a partir de 17 de julho.  

Além dos museus, corpos artísticos estáveis do Governo do Estado de São Paulo estarão em plena temporada. A São Paulo Companhia de Dança apresenta dois programas em junho, incluindo a remontagem de La Sylphide (Auguste Bournonville) e obras dos consagrados coreógrafos Jirí Kylián, Nacho Duato e William Forsythe. O Theatro São Pedro, especializado em música lírica, terá dois concertos durante o período da Copa.

E, finalmente, a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo realiza diversas apresentações ao longo de junho na Sala São Paulo – uma das melhores salas de concerto do mundo, construída no antigo jardim de inverno de uma estação de trem. A regente titular Marin Alsop comanda algumas das apresentações. Diversas outras orquestras convidadas também se apresentam na Sala durante a Copa, inclusive em concertos gratuitos.  


Confira a seguir algumas sugestões de passeio a equipamentos culturais do Governo do Estado de São Paulo.

Nenhum comentário: