26 de mar de 2014

Editora Baraúna lança “As virgens tatuadas”

capa_as_virgens_tatuadas_siteEsta obra caracteriza-se como uma chamada para a consciência. Uma obra que é um verdadeiro grito de socorro de milhares de crianças que são violentadas, escravizadas e destruídas, em todos os sentidos, diariamente. Seja pela sociedade, pelos pais e governantes, ou até mesmos pelos que se dizem mestres. Com exceção de poucos que as amam, e ainda buscam preservá-las.
Zauri escreveu esta obra com intuito de despertar no leitor o amor e o cuidado pelas crianças. Em forma de romance, a autora transmite momentos de pavor, solidão, falta de esperanças, mas, sobretudo, fé, determinação e amor ao próximo.
A autora acredita que nem tudo está perdido, se as pessoas prestarem atenção ao que acontecer ao seu redor, se cada um fizer a sua parte, as crianças poderão conviver em um mundo muito melhor, onde sua segurança e bem estar estarão garantidos.
___________________________
A autora
Zauri Crepalddi é casada, tem duas filhas e dois netos. Também é costureira de damas de honra e faz trabalhos artesanais nas horas vagas. Sempre gostou de escrever sobre qualquer tipo de assunto e principalmente sobre o que sentia e vivia. E de uns tempos para cá, a vontade de publicar livros ficou mais forte. Parte dessa vontade vem de seus amigos que sempre a apoiaram. “As Virgens Tatuadas” é o primeiro de tantos livros que escreveu a ser editado e publicado, por isso diz que é um dos seus “xodós”.
___________________________
Ficha técnica
As virgens tatuadas
Autora: Zauri Crepalddi
ISBN: 978-85-7923-858-1
Formato: 14 x 21 cm
Número de páginas: 190

Nenhum comentário: