29 de nov de 2013

Edson e Hudson mostram porque são a dupla mais amada do Brasil

Em show fechado para 1.000 pessoas, dupla apresentou novo CD “Na Hora do Buteco” 
Imagem inline 1
Fotos: Danilo Carvalho e Thais Aline / Ag. Fio Condutor

Sucessos de carreira, modas de viola e, é claro, a pegada rock n’ roll que levou Edson e Hudson ao topo da seleta lista de grandes artistas que figuram no gênero sertanejo. Foi em um show fechado no Villa Country, em São Paulo, para integrantes de fã clubes, radialistas e amigos que a dupla paulista apresentou, pela primeira vez, parte do repertório do novo CD “Na Hora do Buteco”, o 18º álbum da carreira que já soma quase 30 anos. 
Riffs de guitarra e bateria forte marcaram o clima do show que começou quente com o sucesso “Galera Coração”, gravado em 2005. O repertório, que intercalou de forma coerente músicas agitadas e românticas, manteve o público tão quente quanto Edson e Hudson são no palco. A plateia acompanhou em coro e palmas cada uma das canções que se seguiram. Vieram “Assovia”, “Uma Canção Pra Você”, as românticas “Foi Deus”, “Fala”.  
Para apresentar “Na Hora do Buteco”, os irmãos escolheram clássicos como “Terra Tombada” e “Talismã”, que ficou famosa nas vozes de Leandro e Leonardo. Minutos antes, em conversa com jornalistas, a dupla explicou que o novo álbum é mais que um desejo de homenagear os 103 da música sertaneja. “Queríamos gravar tudo o que os fãs gostariam de nos ouvir cantando. Fizemos algumas pesquisas e vimos que as canções que eles pediam eram as mesmas que cantávamos quando éramos moleques que se apresentavam em bares, botecos, lanchonetes e até rodoviárias. Por isso o projeto tem esse nome”, disse Hudson. 
Um show emocionante e vibrante. Se em um momento da apresentação Edson esteve sozinho no palco cantando – em um banquinho – trechos de “A Força da Paixão”, “Quer Namorar Comigo?”, “Anjo”, “Deixa Eu Te Amar”, entre outras. Hudson e sua guitarra poderosa arrepiaram os convidados com seis solos, entre eles “Sweet Child O’ Mine”, de Guns N’ Roses. “Tem quem diz que sertanejo não combina com rock”, anunciou Edson. 
Mesmo com a presença de nomes como Beth Guzzo, Fátima Leão, a dupla Geovany Reis e Fabrício, a empresária Silvia Design e o grupo de funk Os Leleks, os fãs foram os principais homenageados da noite: “São vocês, nossos fãs, que fizeram Edson e Hudson estarem aqui. Vocês que sempre nos acompanharam. A gente promete que todo ano, daqui para frente, vamos nos encontrar num show como este”, disse Edson. 
A dupla aproveitou ainda para anunciar que estará de volta ao Villa Country no dia 24 de janeiro em um show aberto ao público. A venda dos ingressos começou à zero hora de hoje pelo site Ticket360º (www.ticket360.com.br). O encerramento em alto astral ficou por conta de “Festa Louca” e um longo abraço dos irmãos.

Nenhum comentário: