17 de out de 2013

SIM, HÁ UMA DIFERENÇA


Não são raras às vezes em que os gestores públicos e o poder judiciário dos municípios se encontram diante de questões aparentemente naturais, mas cujas medidas para enfrentá-las não atingem os resultados e as expectativas estimados.
Por mais que haja empenho e foco nas ações, aquela parcela da população que necessita do serviço ou benefício, não é atingida em sua totalidade.
Fato que ilustra essa situação é a inclusão das pessoas com deficiência (hoje 46 milhões no país) em nossos municípios. Outro fato é a pouca presença de crianças com deficiência nas escolas municipais.
É por isso que a Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado de São Paulo criou a caravana da inclusão, acessibilidade e cidadania que estaciona no próximo dia 18 em Lorena.
O evento que será realizado no Sindicato dos Metalúrgicos tem como meta apresentar às autoridades e à sociedade civil os direitos das pessoas com deficiência e os programas que o governador Geraldo Alckmin, dentro do seu governo solidário, determinou para atender a esse público, no estado 14,5% da população.
Na inclusão educacional os municípios são os agentes mais eficientes da mudança necessária para cada vez mais ampliar a escola inclusiva para todos, pois são responsáveis por 61,4% das matrículas dos alunos incluídos, frente a 21% das matrículas em educação especial na modalidade não inclusiva.
Os números sobre a atuação dos municípios na implantação de uma escola inclusiva mais justa e respeitosa para os alunos com deficiência mostram que os esforços têm alcançado êxito, frente a um cenário anterior de pouco compromisso com esse público.
Os dados são comemorados pela Dra. Linamara Rizzo Battistella, secretária titular da past paulista. Em 2010 ela decidiu que a caravana seria o meio mais apropriado para encurtar caminhos em busca de uma solução rápida para as pessoas com deficiência. "Sem a ajuda dos prefeitos e vereadores não alcançaremos nosso objetivo", afirma sempre em cada caravana que participa.
Por isso participam dos eventos, que são comandados pela UVESP, além da pasta idealizadora, a Secretaria de Emprego e Renda e a Secretaria da Educação, mostrando os convênios, obras, serviços disponibilizados pelo Governo do Estado para o grande processo de inclusão.
A presença de prefeitos, vereadores e da sociedade civil em Lorena mostrará que o Vale do Paraíba está engajado na grande luta para melhorar a vida das pessoas.
É como diz o governador Alckmin. "Nossa maior obra é melhorar a vida das pessoas". Os municípios precisam ser parceiros dessa luta, objetivo de todos os que defendem os princípios da cidadania.
 
Sebastião Misiara
Presidente da União dos Vereadores do Estado de São Paulo
 

Nenhum comentário: