8 de set de 2013

No Dia da Independência do Brasil, Esporte Clube Pinheiros complet a 114 anos

Clube celebra aniversário com desfile realizado nesta manhã, reunindo associados, funcionários, jovens esportistas e atletas olímpicos


Fundado em 7 de setembro de 1899 pelo alemão Hans Nobiling, o Esporte Clube Pinheiros completa 114 anos neste sábado. Para comemorar, foi realizado um Desfile de Aniversário na Pista de Atletismo do Clube. O evento contou com a presença da diretoria, associados, funcionários, jovens esportistas e atletas olímpicos como Leandro Guilheiro, Tiago Camilo, Rafael Silva, Renzo Agresta e o nadador Daniel Orzechowski.
A Fanfarra João de Deus Cardoso De Mello comandou a apresentação, que contou com a participação de aproximadamente três mil pessoas das seções esportivas, recreativas, sociais e culturais do Clube. Na ocasião, os principais atletas do Pinheiros tiveram a oportunidade de interagir com os associados, que lotaram as arquibancadas da pista e prestigiaram a cerimônia.
"Esse contato com a garotada é muito gratificante. É muito legal retribuir o carinho e a torcida de todos e também passar um pouco da nossa experiência. Eu comecei a fazer judô inspirado pelo Tiago (Camilo), treinamos juntos aqui no Pinheiros e agora eu sou medalhista olímpico. Acho que isso pode estimular os mais jovens", afirma o judoca do Pinheiros, Rafael Silva, que conquistou a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Londres, no ano passado, e foi vice-campeão Mundial na semana passada, no Rio de Janeiro.
Com uma equipe composta por mais de dois mil atletas competitivos, o Esporte Clube Pinheiros é o maior centro poliesportivo da América Latina. Além de ser referência na formação de atletas olímpicos, o Pinheiros é considerado um dos principais clubes sociais de São Paulo - com cerca de 38 mil associados.


"Isso só é possível por meio de uma administração séria e comprometida com a qualidade. Queremos que o Esporte Clube Pinheiros tenha uma gestão cada vez mais moderna, propiciando inovação aos nossos associados e garantindo a melhor infraestrutura para a formação dos nossos atletas", declara Luís Eduardo Dutra Rodrigues, presidente do Pinheiros. 
O Clube possui uma área de 170.000 m², dos quais 80.000 m² são constituídos de jardins e alamedas e 52.000 m² áreas construídas. Isso torna o Pinheiros uma ilha de natureza entre a Marginal do Rio Pinheiros e a Avenida Brigadeiro Faria Lima. 
Destaques do Esporte Clube Pinheiros
Dez Medalhas Olímpicas:
 
- Rafael Silva (2012 Londres - bronze - Judô)
- Cesar Cielo (2008 Pequim - ouro e bronze -  Natação);
- Leandro Guilheiro (2008 Pequim - bronze - Judô);
- João do Pulo (1976 Montreal - bronze - Atletismo);
- Gustavo Borges (1992 Barcelona - prata; 1996 Atlanta -  prata e bronze - Natação);
- Douglas Vieira (1984 Los Angeles - prata - Judô);
- Manoel dos Santos (1960 Roma - bronze - Natação)
Curiosidades Históricas
- O Clube, que teve sua história esportiva iniciada no século XIX com o time de futebol S.C. Germania, começou a sua trajetória olímpica com a equipe de Atletismo. Em 1931, o então Sport Club Germania sediou o 1º Campeonato de Atletismo Feminino. Já no ano de 1932, o Clube estreou nos Jogos Olímpicos com a participação do atleta Lúcio Almeida Prado de Castro, do Salto com vara.
- No início do século XX, uma das curvas do rio Pinheiros passava por dentro da propriedade do Clube. Em virtude disto, o cocho era utilizado para o treino dos nadadores e remadores. Após as mudanças causadas pela retificação do rio, a solução encontrada foi a construção de uma piscina olímpica, inaugurada no ano de 1933 e mantida até os dias atuais.
- A mudança no nome do Clube se deve a fatores constitucionais. Durante o regime de Estado Novo, no governo Getúlio Vargas, foi decretada a proibição da participação de estrangeiros em empresas e clubes. No ano de 1942, o Sport Club Germania passou a se chamar Esporte Clube Pinheiros, tornando-se uma associação brasileira.

Nenhum comentário: