27 de mai de 2013

Turismo acessível desperta a atenção dos participantes na Caravana da Acessibilidade em Lins

Aconteceu em Lins no dia 24 de maio, nas instalações da ABCEL, a 4ª Caravana da acessibilidade e cidadania que mais uma vez superou a expectativa de público aguardado. Já é possível perceber o retorno que esse evento tem trazido aos municípios por onde passa.
O prefeito municipal Edgar de Souza, ao abrir o evento, expressou sua alegria em receber este encontro e reforçou o reconhecimento que Lins tem feitopara manter a construção de políticas públicas, que são referencias, no sentido de manter o compromisso assumido com a população.
"É preciso avançar em muitos sentidos, preparando as pessoas e os espaços públicos, para que sejamos um município acessível", e complementa: você mede a cidadania de um povo pelas calçadas, diz ainda Edgar.
O evento foi agraciado com apresentações da Fanfarra composta por alunos da APAE, com o Grupo da Casa da cultura e AMUL - com a Ginástica Artística do Núcleo de Apoio Integrado ao Atendimento Educacional Especializado de Lins, que emocionaram a plateia, além do desfile de moda inclusiva, que surpreende a cada caravana.
Palestras - Política Pública em Educação Especial na Rede Estadual, ministrada pela professora Wania Aparecida Boer; Paradesporto com Vanilton Senatore e a presença da paratleta de baixa visão Daniele Bernardes do judô; Marinalva Cruz falou do PADEF e mutirão do emprego, e o Secretario de Estado adjunto Marco Pellegrini que agradeceu a UVESP por estabelecer comunicação com a sociedade através dessas caravanas e demonstrou sua satisfação com o empenho dos vereadores.
Um dos momentos mais esperados foi a palestra sobre turismo acessível. José Fernandes Franco, com toda sua expertise, apresentou aos participantes dados reais sobre as estatísticas dessa atividade na região de Socorro e a importância que ganhou o projeto de acessibilidade junto a órgãos competentes e como se tornou referencial nesse assunto.
Ressaltou a importância da infraestrutura adaptada, que é lei e por conta das exigências da FIFA, que obrigou o Brasil a ter acessibilidade nas cidades onde os jogos vão acontecer. Aspectos como espelhos móveis, espaço para o cão guia, restaurante com "self" na altura acessível, play ground, piscina, sauna, boias para paraplégicos, central telefônicapara deficientes auditivos e site totalmente acessível, deu ao empresário o Prêmio nacional de Acessibilidade, entre outros.
O próximo evento da Caravana da Inclusão, Acessibilidade e Cidadania acontece dia 21 de junho, em Araçatuba. Mais informações www.uvesp.com.br

Nenhum comentário: