27 de mai de 2013

Hospital e Maternidade São Luiz | Pé chato pode ser normal até dois anos de idade

Pé chato pode ser normal até dois anos de idade
Andar é uma das soluções para ajudar a moldar o formato da região
Conhecido popularmente como “pé chato”, o pé plano é uma das preocupações comuns dos pais durante as visitas ao médico. Caracterizado pela ausência de um arco na planta do membro inferior, a criança caminha colocando toda a base do pé no chão. Para o ortopedista do Hospital e Maternidade São Luiz, Dr. Vinicius de Mathias Martins, até os dois anos todos têm esse formato. “Após essa idade há uma fusão dos ossos da região, que completa o desenvolvimento por volta dos cinco ou seis anos”.
Na maioria dos casos de ‘pé chato’, as crianças não manifestam sintomas, além desse formato do pé, mas é recomendável que os pais acompanhem o desenvolvimento dos filhos e fiquem atentos a possíveis anormalidades. Geralmente, o diagnóstico da doença só pode ser realizado após os cinco ou seis anos, mas segundo o especialista, sinais como alteração no andar, muitas quedas, desgastes no sapato ou quando as crianças não gostam de andar, são alguns indícios que os pais devem ficar alertas.
Cirurgias são indicadas apenas em casos de dores intensas ou deformidades, mas deve ser evitada antes dos sete anos. O pé plano, além do desconforto, pode trazer outros efeitos como, problemas de postura e alteração nos joelhos. Para ajudar na formação do arco é aconselhável andar descalço, correr, brincar e evitar sapatos desconfortáveis.


Imagem Corporativa


Nenhum comentário: