17 de mai de 2013

DC Mediterrânea traz ao Brasil vinhos espanhóis exclusivos


Empresa importadora traz ao consumidor brasileiro oportunidade de saborear vinhos espanhóis artesanais de qualidade superior

David e Silvia, sócios da DC Mediterrânea

A DC Mediterrânea fundada pelos sócios David Calderón Ortega e Silvia Diez chegou ao Brasil neste ano com o objetivo de trazer aos amantes de vinhos cinco rótulos exclusivos produzidos em três pequenas adegas do interior da Espanha.

A ideia é contar através desses produtos importados, a história das famílias que se dedicam a fazer o que mais gosta, vinhos únicos, exclusivos e de alta qualidade que expressam a identidade da Espanha.

Após visitarem muitas adegas pelas vinícolas do interior do país que são desconhecidas pelo público em geral, se decidiram por três a princípio. “Nós queríamos trazer produtos diferentes, com personalidade mesmo. Produtos feitos com amor, dedicação e carinho pela terra”, diz David.

As adegas selecionadas - a adega Estada é o resultado de muitos anos de experiência na produção e cultivo da vinha e da união de várias pessoas para cuidar de uma terra que sempre oferece o melhor.
A Bodega y Viñedos Aceña está localizada na região de Ribera Del Duero, na cidade de San Esteban de Gormaz. Criada em 1998 pela família Aceña Monge, a vinícola combina perfeitamente tradição e inovação.

A Gil Berzal Bodegas foi criada com o intuito de comercializar vinhos típicos da região, além de também produzir vinhos Berzal adaptados aos gostos atuais, vinhos modernos, mas sempre mantendo a essência de outrora com vinhos naturais.

Os vinhos - os cinco novos rótulos trazidos pela DC Mediterrânea para o Brasil surpreenderão os apreciadores de um bom vinho.

São eles, o Estada Reserva 2006, onde a sensação final é agradável e persistente. O Recoveco Joven, sua entrada e passagem é cálida, com corpo e bem equilibrado, tem um bom final na boca. Recoveco Crianza, com safra de 2007, que foi elaborado com uvas recolhidas de forma manual das variedades Tempranillo e Graciano.

O Terraesteban Joven é um vinho 100% fino, produzido com frutos de Tempranillo, com safra de 2011. O final deixa recordações frutais. O Terraesteban Crianza, com safra de 2009. O processo de envelhecimento tem duração de até quatorze meses e sua permanência em garrafeiro, antes de sair à venda, é de seis meses no mínimo.

Serviço:
contato: David (11) 9 9321.7489 - SP

Nenhum comentário: