30 de abr de 2013

Caravana da Acessibilidade acontece em Itu com auditório lotado

Além do secretário adjunto de Estado, Marco Pellegrini, o diretor da Associação Paulista de Municípios, Carlos Cruz, o Prefeito Antonio Luiz Carvalho Gomes, a primeira dama Zélia Vaccari Gomes, a deputada estadual Célia Leão, o vice prefeito Alcides Beluci Neto, o presidente da Câmara Municipal Josimar Ribeiro, o ex prefeito Herculano Passos, a gestora de Acessibilidade nos Transportes da SEDPCD, Flávia Vital e paratletas, marcaram presença ainda vários gestores de entidades de inclusão, ver eadores, professores, secretários municipais, alunos e pessoas com deficiências que lotaram completamente o auditório.
O representante do TIME SÃO PAULO Luis Carlos Cardoso contou ao público que o Estado selecionou 35 atletas para serem patrocinados até o ano de 2016 e está investindo para as melhorias necessárias de maneira que esses atletas obtenham cada vez mais resultados positivos.
O paratleta contou que está na cadeira de rodas há três anos e meio por causa de um parasita causado pela esquistossomose e quando precisou de reabilitação após cirurgia foi onde conheceu o esporte. Atualmente bicampeão panamericano de canoagem, mencionou pessoas que o incentivaram a continuar no esporte, da maneira como venceu seus próprios medos, angústias, dúvidas e até o frio em países distantes.
Entre outras palestras, um dos destaques é para a coordenadora do CAESP (Centro de Atendimento Especializado), que,ao se referir às políticas públicas em educação especial diz que esse é um tema desafiador. Na rede paulista já somamem média quatro milhões e meio de alunos só na rede estadual. "Tentamos atender os preceitos de que a educação é para todos. Temos que pensar numa escola inclusiva e não que apenas inclu a."
No discurso de encerramento, o secretario adjunto Marco Pellegrini dá seu testemunho. "Fiz questão de estar aqui porque a Caravana é uma vitrine, o que expressa a importância de levar esse tema ao mundo. Até pouco tempo atrás as pessoas eram abandonadas à própria sorte, não havia nenhum investimento, nenhum esforço para que essa pessoa fosse vista. O governo Alckmin faz com que a gente chegue nas pessoas e mude a vida deles através de ações da Secretaria da Pessoa com Deficiência. Exemplifica : a rede metroviária hoje é 100% adaptada, a rede ferroviária vai no mesmo caminho, com quase 80% ; nos esportes, temos 70% das medalhas conquistadas nas ultimas Olimpíadas, e dessa maneira, concreta, efetiva, a gente vê que os esforços estão dando resultados positivos. Seremos um lu gar propício para oferecer condição digna de ter uma vida inclusiva.
A próxima edição da Caravana é no dia 24 de maio, em Lins. Mais informações em www.uvesp.com.br

Nenhum comentário: