25 de fev de 2013

NOVO FORD FUSION ESTREIA VERSÃO "STOCK CAR" NA DAYTONA 500


A Ford estreia o Novo Fusion NASCAR, versão "stock car" do seu sedã de luxo, na prova Daytona 500 deste final de semana. O veículo será visto pela primeira vez na pista, depois de dois anos de desenvolvimento para representar a marca na NASCAR (National Association for Stock Car Auto Racing), a categoria mais popular do automobilismo nos Estados Unidos.
A competição introduz uma série de inovações nesta temporada, com os chamados carros Geração 6. A principal novidade é a volta da identidade dos fabricantes para a NASCAR, dando continuidade às ações para aproximar a categoria dos consumidores, como a inclusão do uso de combustíveis alternativos.
"Somos uma empresa de carros e a NASCAR é uma corrida de carros.  Trabalhar juntos é uma grande oportunidade de criar carros que as pessoas veem na pista e se parecem com os que elas têm em casa", diz Jamie Allison, diretor da Ford Racing. "A oportunidade de trazer de volta a identidade das marcas para esses carros é algo que os fãs desejavam e nós realizamos junto com a NASCAR."
O nascimento do Fusion NASCAR começou há dois anos, com a criação do primeiro protótipo. Foi a primeira vez que o centro de design da Ford em Dearborn se envolveu ativamente no projeto de um carro de corrida para a NASCAR desde o final dos anos 1960. O objetivo foi criar um carro com as características aerodinâmicas exigidas pela competição sem perder a identidade visual com o carro de produção.
O Novo Fusion 2013 fez sua estreia mundial no Salão de Detroit, no começo de 2012, e apenas duas semanas depois a Ford realizou a primeira apresentação e testes de pista do Fusion NASCAR 2013 no circuito de Charlotte, nos Estados Unidos.
O objetivo da Ford é ampliar sua história de sucesso no maior evento da NASCAR, que teve três vitórias do Fusion nas últimas quatro corridas. Cerca de 40% dos pretendentes à compra de carros novos são fãs de corridas e, destes, quase 84% seguem a NASCAR.
"As corridas ajudam a direcionar nossos negócios. Sabemos que os fãs dos carros de corrida da Ford são mais propensos a comprar carros da marca que o público em geral. Assim, trazer de volta a relevância da NASCAR é um fator chave", diz Allison. "Os fãs vão às corridas porque adoram carros. Fazer com que os carros de corrida se pareçam com o que eles têm em casa cria aquela conexão emocional que desejamos."

Nenhum comentário: