11 de dez de 2012

Instituto Infnet ganha destaque no IGC e no Enade




Instituto Infnet ganha destaque no IGC e no Enade

Faculdade conquistou sexto lugar no IGC e curso de graduação em Análise e Desenvolvimento de Sistemas teve o melhor Enade da região.

O Instituto Infnet conquistou o sexto lugar na classificação do Índice Geral de Cursos (IGC) do Rio de Janeiro, indicador feito pelo Ministério da Educação (MEC). A instituição ficou atrás apenas de duas escolas da Fundação Getúlio Vargas, do Instituto Militar de Engenharia, do Ibmec e da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). “Nós ficamos a frente de instituições tradicionais, como a PUC-Rio, UFF, UERJ e a ESPM”, conta Andre Kischinevsky, pró-reitor do Infnet, referência na formação de profissionais das áreas de Tecnologia da Informação, Design, Comunicação e Negócios.
Andre ressalta que o resultado é fruto das estratégias educacionais do instituto, da preocupação com a qualificação e atualização dos docentes e do alinhamento do ensino com as necessidades, tendências e novidades do mercado. “Este ano foi a primeira vez que o Instituto Infnet participou do IGC, já que as duas primeiras turmas de graduação se formaram em 2010. Apesar de ser um pequeno instituto, nosso desempenho foi excelente. A qualidade também é comprovada pela absorção dos profissionais egressos pelo mercado de trabalho”, afirma.


O Infnet também comemora o resultado no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), um dos procedimentos de avaliação do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES). A graduação em Análise e Desenvolvimento de Sistemas teve o melhor Enade dentre todos os cursos de computação e informática da região metropolitana do Rio de Janeiro. O curso ficou com a nota 4,6181 e superou graduações tradicionais, como Engenharia de Computação do IME (4,4443), Análise e Desenvolvimento de Sistemas na UFF (4,0665), Sistemas de Informação na PUC-Rio (4,0360) e Computação na UFRJ (3,5129).
Para Andre, o Instituto Infnet conseguiu alcançar esse resultado no primeiro Enade que participa por fazer um trabalho minucioso. “Nós conhecemos cada um dos cerca de 50 alunos admitidos todo ano na graduação em Análise e Desenvolvimento de Sistemas”, declara. Os alunos, que tem 100% de suas aulas na frente de uma workstation, são desafiados a passar em certificações oficiais da Microsoft e de Java ao longo do curso, fortalecendo a graduação.
Segundo o pró-reitor, a Softex* projeta uma escassez de 280 mil profissionais de software e serviços de tecnologia da informação em 2020, no Brasil. O Instituto Infnet se propõe a formar a elite desses profissionais, um grupo de desenvolvedores que contribua substancialmente para o mercado de TI no Brasil. “Mesmo sendo pouco conhecido do grande público, o Infnet é bastante reconhecido no mundo da tecnologia. Grandes empresas como IBM, PwC, Delloite, Stefanini e Accenture costumam recrutar profissionais entre os egressos da instituição", avalia Andre.
*Observatório Softex, Software e Serviços, A indústria Brasileira em Perspectiva, Ano 2012, Volume 2, Direção de Arnaldo Bacha de Almeida.
Serviço: Instituto Infnet
Endereço: Rua São José, 90 / 2º piso, Rio de Janeiro - RJ.
Fone: (55-21) 2122-8800
Email: info@infnet.edu.br
Site: http://www.infnet.edu.br

Nenhum comentário: