17 de dez de 2012

Hotel Fazenda Areia que Canta, em Brotas (SP), oferece atividades especiais aos adeptos de ‘Birdwatching’

Os adeptos do birdwatching já estão acostumados a manter olhos e lentes atentos. Quem caminha pela mata sabe que é preciso disposição para encontrar as espécies mais tímidas. A atividade ganha cada vez mais adeptos brasileiros. Estima-se que sejam aproximadamente 20 mil hoje, no Brasil, número quatro vezes maior que há sete anos. Essa atividade atrai cada vez mais turistas do mundo todo.
Um observador iniciante - ou sem tempo, ou preguiçoso - não precisa nem sair da capital para começar a reconhecer os Sanhaçus e Sabiás (sem falar do Bem-te-vi e Rolinha). Mas os birdwatchers - como são chamados em inglês - estão cada vez se bandeando por regiões com muito verde, como o cerrado paulista e as pequenas serras que emolduram a cidade de Brotas, a 240 km da capital paulista. Como a região é abundante em águas, cachoeiras e tem matas preservadas, o número de pássaros é diverso e podem ser vistos o ano todo.
O Fazenda Hotel Areia que Canta é pioneiro em Birdwatching na região e reúne todas as condições favoráveis para a prática. Essa atividade envolve lazer, pesquisa científica, conservação e educação ambiental nas mais diversas formas, afinal estes animais são excelentes indicadores de qualidade ambiental.
Devido ao seu nicho ecológico, as aves são essenciais para o ecossistema: são dispersores de sementes ou mudas, polinizadores e preparadores (auxiliam a agricultura no controle de pragas). Existem mais de 180 espécies catalogadas do rico cerrado paulista. O trabalho foi feito por uma equipe de biólogos de Campinas.
Como o melhor horário para observar os pássaros é bem cedinho, a caminhada, para valer a pena, deve começar às sete da manhã. Depois de andar por quase 20 minutos você começa a perceber que na mata não há exatamente trilhas, mas caminhos que se interconectam. Largos e bem sinalizados, eles cortam as áreas preservadas do hotel em todas as direções, passando por capões de mata, pequenos lagos artificiais e brejos naturais. Além da própria nascente da Areia que Canta e as Corredeiras do Rio Tamanduá.
O Areia que Canta possui várias atrações, mas ultimamente está se abrindo para os adeptos de birdwatching. Ali é possível ver a Ariramba da cauda ruiva, o Soldadinho e outras espécies de aves, como o Bacurau, e o Tico Tico Rei, entre outros.
Nos lagos, por exemplo, não é difícil observar Garças e Martin Pescador. O Sabiá-Laranjeira, o João-de-Barro e os canarinhos também não se importam com o movimento diário de pessoas. Espécies menos comuns, como o Pintassilgo, são vistas apenas nas áreas menos agitadas. Os melhores horários para encontrá-los são no início da manhã e no fim da tarde.
Para quem gosta de fotografar, o Fazenda Hotel Areia que Canta é perfeito: seguro, com trilhas bem sinalizadas e com pontos tranquilos. O Areia que Canta ainda oferece guias especializados para quem deseja contratar este serviço.
Serviço:
Areia que Canta Hotel Fazenda & Ecoturismo
Fazenda Tamanduá - Rodovia SP 225, Km 124,5 Brotas /SP
Diárias para casal a partir de R$ 439,00 incluindo todas as refeições. Reservas e mais informações (14) 3653-1382

Nenhum comentário: