20 de nov de 2012

Encontro com o surreal e o fantástico no lançamento de Metamorfoses Privadas


Encontro com o surreal e o fantástico no lançamento de Metamorfoses Privadas


Livro de literatura fantástica é nova aposta da Editora nVersos e reúne cerca de 50 pessoas na Livraria da Vila em São Paulo



Mesmo com o clima instável da noite anterior, familiares e amigos foram prestigiar o lançamento do primeiro livro do ator e diretor de teatro Rui Xavier, Metamorfoses Privadas. Cerca de 50 pessoas compareceram à Livraria da Vila da Alameda Lorena, onde, antes de iniciar a sessão de autógrafos, o autor e três convidados fizeram a leitura dramática de alguns dos contos da obra publicada pela editora nVersos.
“Para você que me conhece agora é necessário um esclarecimento” começa Rui Xavier, silenciando a todos na plateia com o conto de número um do livro, Esclarecimento. Nele, o personagem fala sobre as diversas partes do “eu” que se revezam durante o dia. – “É que raramente sou um”.
Entre risadas, suspiros e dramatização, seguiram a leitura de mais alguns contos os atores Juliano Dip, Gustavo Vaz e Walmir Pavam. Dos 11 contos lidos no evento, vale destacar: Ela, Amor, O Eu mais forte e Os homenzinhos de Cabrua.
Metamorfoses Privadas é um título de literatura fantástica que vai além de uma história com personagens irreais, pois se preocupa em fazer o leitor refletir, questionar e pensar sobre valores, ideias e atitudes que são tomadas sem perceber. Para isso, Rui criou encontros entre o surreal e o rotineiro, trouxe seres mitológicos e que mexem com o imaginário para o mundo caótico. Tal façanha acaba por fazer o leitor sentir-se parte da história, como se fosse a pessoa descrita por ele.

Nenhum comentário: