4 de out de 2012

Projeto Arte e Voyeurismo


EXIBIÇÃO DE FILMES A CÉU ABERTO, CURSOS, OFICINAS E DEBATES TRAZEM COMO TEMA O VOYEURISMO EM DIVERSOS ESPAÇOS DO SESC VILA MARIANA



A programação contempla diversas atividades artísticas que dialogam com o voyeurismo, seja como propósito narrativo, seja como temática, por meio de filmes, vivências, performances e discussões sobre artes visuais, cinema e temas da contemporaneidade.


Curso: O Voyeurismo nas Artes Visuais
O curso aborda um panorama crítico da temática do voyeurismo nas artes visuais clássicas e contemporâneas, seja como temática, linguagem ou estilo. A ideia é percorrer desde o imaginário cinematográfico dos séculos XIX e XX até artistas plásticos que pintaram obras que flertaram com a figura do voyeur, com o fetichismo e a observação/espionagem distanciada, a exemplo de Andy WarholNan GoldinRobert Mapplethorpe, entre tantos outros. Com Angélica de Moraes, crítica de artes visuais, curadora e professora. Integrou ainda a equipe fundadora do Caderno 2 do jornal O Estado de S. Paulo, onde exerceu jornalismo cultural e crítica por mais de uma década, realizando crítica do circuito nacional e coberturas de mostras internacionais de arte contemporânea (Kassel, Veneza, Yokohama, Tóquio, Madri, Nova York, Washington). Escreveu o livro monográfico 'Alex Flemming' (Ed. Cosac, 2012).

Dias 9, 16, 23 e 30 de outubro, terças, às 19h30.
Sala 3, 6º andar - Torre A e Internet Livre.
20 vagas. Inscrições na Central de Atendimento.
120 minutos.
Não recomendado para menores de 16 anos.
R$ 40,00 (inteira); R$ 20,00 (usuário inscrito no Sesc e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino); R$ 10,00 (trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes).

Clube da Leitura: Histórias Íntimas - Sexualidade e Erotismo na História do Brasil
Encontro que discute a temática central de 'Histórias Íntimas' (2011), livro de Mary del Priore que procura mostrar como a sexualidade e a noção de intimidade foram mudando ao longo do tempo, influenciadas por questões políticas, econômicas e culturais, e passaram de um assunto a ser evitado, para um dos mais comentados no mundo contemporâneo. O livro faz o leitor virar voyeur dos antepassados ao tratar da primeira noite de sexo, das vestimentas, dos hábitos, do beijo na boca, do fetichismo e do casamento. Com Paulo Trevisan, professor e pesquisador de História da Arte. Bacharel em História (USP) e Mestre em Arte Brasileira Contemporânea pela ECA-USP. Ministra aulas de História da Arte, Estética, Arte Contemporânea e Arte Brasileira. Entre 2005 e 2008 foi educador no Museu de Arte de São Paulo.

Dia 18 de outubro, quinta-feira, às 15h

Sala 4, 6º andar – Torre.
40 vagas. Inscrições na Central de Atendimento, a partir de 2/10.
120 minutos.
Não recomendado para menores de 12 anos.
Grátis.

Oficina de Valorização Social: Caleidoscópio

A oficina tem como objetivo a confecção de um caleidoscópio. A palavra Caleidoscópio vem do grego e significa 'instrumento para admirar o belo'. Em 1816 o físico escocês David Brewster em seus estudos científicos sobre os efeitos da luz criou o objeto, que é formado por um cilindro com espelhos inclinados e fragmentos de vidro colorido, que através do reflexo da luz exterior produz combinações de efeitos visuais.

Dia 16 de outubro, terça-feira, às 15h.
Sala 4, 6º andar - Torre A.
30 vagas. Inscrições na Central de Atendimento.
120 minutos.
Grátis.

Cinema nas Nuvens

Projeções de cinema ao ar livre com recorte de quatro filmes sobre o voyeurismo no cinema. O tema do voyeurismo é inerente tanto ao cinema quanto à fotografia, na medida em que o olhar através da câmera remete ao olhar através do buraco da fechadura. O cineasta, enquanto voyer em exercício, coloca o personagem em seu lugar nas narrativas desse conjunto de filmes.

Personagens que Espiam - O Voyeurismo no Cinema: Janela Indiscreta
Exibição do filme “Janela Indiscreta” (Alfred Hitchcock, EUA, 1954). Em Greenwich Village, Nova York, L.B. Jeffries (James Stewart), um fotógrafo profissional, está confinado em seu apartamento por ter quebrado a perna enquanto trabalhava. Como não tem muitas opções de lazer, vasculha a vida dos seus vizinhos com um binóculo, quando vê alguns acontecimentos que o fazem suspeitar que um assassinato foi cometido.

Dia 24 de outubro, quarta-feira, às 20h
Solarium (Área Externa). Vagas limitadas. Retirada de ingressos com 1h de antecedência, na Central de Atendimento.
122 minutos.
Não recomendado para menores de 14 anos.
Grátis.

Personagens que Espiam - O Voyeurismo no Cinema: Quero ser John Malkovich
Exibição do filme “Quero ser John Malkovich” (Spike Jonze, EUA, 1999). Um homem (John Cusack) consegue um novo emprego no 7º e meio andar de um edifício comercial, onde todos os funcionários devem andar curvados. Lá encontra uma porta escondida, e quem ultrapassá-la é levado até a mente do ator John Malkovich, onde pode permanecer durante 15 minutos até ser cuspido numa estrada na saída de Nova Jersey. Impressionado com a descoberta, resolve alugar a passagem para outras pessoas, dentre elas o próprio John Malkovich.

Dia 25 de outubro, quinta-feira, às 20h
Solarium (Área Externa).
Vagas limitadas. Retirada de ingressos com 1h de antecedência, na Central de Atendimento.
112 minutos
Não recomendado para menores de 12 anos.
Grátis

Personagens que Espiam - O Voyeurismo no Cinema: Dublê de Corpo
Exibição do filme “Dublê de Corpo” (Brian de Palma, EUA, 1984). O fracassado e claustrofóbico ator de filmes B. Jake Scully acaba recebendo uma proposta irrecusável de Sam Bouchard: ficar no belo apartamento de um amigo seu enquanto procura lugar para ficar, após presenciar a traição de sua esposa. No novo apartamento, ele presencia estranhos acontecimentos com uma vizinha, e passa a perseguí-la e a querer ajudá-la, mas não sabe o perigo que estará correndo.

Dia 26, sexta, às 20h
Solarium (Área Externa)
Vagas limitadas. Retirada de ingressos com 1h de antecedência, na Central de Atendimento.
114 minutos
Não recomendado para menores de 16 anos.
Grátis.

Personagens que Espiam - O Voyeurismo no Cinema: Sexo, Mentiras e Videotape
Exibição do filme “Sexo, Mentiras e Videotape” (Steven Soderbergh, EUA, 1989). O advogado John Mullany (Peter Gallagher) enfrenta problemas de caráter sexual com sua mulher, Ann Bishop Mullany (Andie MacDowell), e, ao mesmo tempo, tem um caso com a cunhada, Cynthia Patrice Bishop (Laura San Giacomo). Sua vida sofre uma transformação com a chegada do amigo de infância, Graham Dalton (James Spader), que grava em video o depoimento de mulheres falando sobre suas vidas sexuais.

Dia 27, sábado, às 20h
Solarium (Área Externa)
Vagas limitadas. Retirada de ingressos com 1h de antecedência, na Central de Atendimento.
100 minutos
Não recomendado para menores de 14 anos.
Grátis

Cinedebate: O Outro Lado da Rua
Exibição do filme “O Outro Lado da Rua” (Direção: Marcos Bernstein, BRA/FRA, 2004), seguido de debate com Paulo Trevisan, professor e pesquisador de História da Arte. Bacharel em História (USP) e Mestre em Arte Brasileira Contemporânea pela ECA-USP; ministra aulas de História da Arte, Estética, Arte Contemporânea e Arte Brasileira. Entre 2005 e 2008 foi educador no Museu de Arte de São Paulo. Sinopse: Para se refugiar da solidão, Regina, uma aposentada de 65 anos, procura pequenos delitos para denunciar à polícia. Uma noite, espiando o prédio do outro lado da rua, ela acredita ter presenciado um assassinato. Com Fernanda Montenegro, Raul Cortez, Laura Cardoso, entre outros.

Dia 31, quarta, às 15h
Auditório – 131 lugares
Retirada de ingressos com 1h de antecedência, na Central de Atendimento.
Não recomendado para menores de 12 anos.
Grátis.
Bilheteria: Terça a sexta-feira das 9 às 21h30, sábado das 10 às 21h30, domingo e feriado das 10 às 18h30 (ingressos à venda em todas as unidades do SESC).  Aceita-se todos os cartões.

Estacionamento: R$ 3,00 a primeira hora + R$ 1,00 a hora adicional (matriculados no Sesc). R$ 6,00 a primeira hora + R$ 2,00 a hora adicional (não matriculados). 200 vagas.

Nenhum comentário: