4 de out de 2012

Mafalda Minnozzi faz show do novo CD "SPRITZ" no Bar Brahma


Bar Brahma recebe Mafalda Minnozzi para show do seu novo CD Spritz
Figura 1 Mafalda Minnozzi – Foto de Bianca Tatamyia

Releituras de letras populares da música italiana interpretadas com o swing e tempero do jazz dos anos de 1950 e 1960. MAFALDA MINNOZZI, cantora italiana apaixonada pelo Brasil há 16 anos, fará show no dia 9 de outubro de 2012 do seu mais novo show, “SPRITZ”, no Bar Brahma, uma das casas paulistanas mais tradicionais de São Paulo. No espetáculo, Mafalda sobe ao palco acompanhada por um quarteto de jazz formado por Agenor de Lorenzi (piano), Rubem Farias (baixo acústico), Marco da Costa (bateria), e a guitarra mais que especial do nova-iorquino Paul Ricci, que assina a direção musical do show.
Com afinação natural e capacidade interpretativa, Mafalda Minnozzi inspirou-se em suas influências jazzísticas: Count Basie, Cole Porter, Caterina Valente, Frank Sinatra, entre muitos outros para fazer a releitura, ao lado de Paul Ricci, de músicas tradicionais italianas como "Aldilá", “Tu Vuo Fá L’Americano”, "Amore Baciami", "Volare" e "Dio Come Ti Amo". Essas  obras ficaram conhecidas após grandes festivais, como o de Sanremo, o Festival della Canzone Italiana, considerado um dos mais importantes eventos de música do mundo. Destacam-se no repertório de Spritz compositores de peso, da importância de Ennio Morricone, Renato Carosone, Paolo Conte e Umberto Bindi.
Por que “Spritz”?
O nome Spritz tem origem no coquetel típico dos happy hours de Roma e Milão. Servidos como aperitivo, os drinques spritz (termo que reproduz o barulho da esguichada de um líquido gasoso) foram criados em Veneza quando a cidade fazia parte do império austríaco. De essência leve e colorida, o aperitivo feito à base de prosecco, bitter e soda, traduz a alma do novo show de Mafalda: dançante e irreverente, colorido, mas sem deixar de lado a memória do repertório da música popular italiana. O show é, em resumo, um coquetel de música italiana servido em linguagem original e contemporânea.
Da iluminação ao figurino, tudo foi pensado para ambientar o espectador de Spritz na atmosfera dos anos 50 e 60, época que faz parte do imaginário de Mafalda Minnozzi, a partir das histórias contadas por seus avós sobre a Itália do pós-guerra. Era um momento de acreditar no futuro, de leveza e solidariedade. Filmes como La Dolce Vita (Federico Fellini) e Candelabro Italiano (Delmer Daves) retratam bem a época que Mafalda quer evidenciar.  De luvas, vestido rodado e lenço no cabelo a cantora dá vida a um tempo passado que ficou marcado na história.
O Novo CD
Batizado com o mesmo nome do show, Spritz reúne 16 canções com arranjos de Mafalda Minnozzi e de Paul Ricci. Traz o quarteto de músicos que hoje acompanha Mafalda nas apresentações – Paul Ricci na guitarra, Rubem Farias no baixo acústico, Marco da Costa na bateria e Agenor de Lorenzi no piano e acordeom. Entre as participações especiais está a da cantora carioca Isabella Taviani, que, no disco,  faz um dueto com Mafalda Minnozzi em uma das faixas do disco (Metti Una Sera A Cena). Em destaque também a participação de renomados solistas como o acordeonista Toninho Ferragutti (Roma Nun Fa La Stupida Stasera), o clarinetista Alexandre Ribeiro (Via Con Me e Tu Vuo´ Fa l´Americano) e do trombonista Bocato (Arrivederci). O projeto gráfico do álbum, inspirado nas antigas “bolachas” de 45 rotações, foi criada pela agência Nação Design, de São Paulo. As fotografias são de Bianca Tatamiya.
Sobre Mafalda Minnozzi
Mafalda Minnozzi nasceu em Pávia, norte da Itália, e se apaixonou pelo Brasil em 1996.  Cresceu ouvindo jazz americano dos anos 30 e 40 e começou a carreira fazendo apresentações pela Itália e abrindo shows de outros artistas. A partir de 1987, começou a cantar para sua própria platéia, apresentando-se em casas de espetáculos, clubes e festas fechadas. Participou de vários festivais até ganhar o terceiro lugar no "Festival Castrocaro Terme", em 1993. Gravou seu primeiro disco com participação de nove finalistas deste concurso. Assim, a cantora foi para Roma estudar canto, música napolitana, recitação e teatro. Trabalhou, durante dois anos, na Rádio Televisone Italiana, com papéis de cantora e apresentadora de atrações culturais.
Em 1996, veio para o Brasil e fez uma temporada de shows no Rio de Janeiro. A cantora se encantou pelo país e no mesmo ano emplacou a canção Sei Tu na trilha sonora da novela Anjo de Mim, da Rede Globo. Outras canções também foram trilhas sonoras nas novelas Esperança, Terra Nostra e em filmes brasileiros. Subiu ao palco com Martinho da Vila, Claudio Zoli, Banda Karnak, entre outros. Com o seu intenso trabalho de difundir a musicalidade italiana no Brasil, Mafalda Minnozzi foi condecorada com os títulos de Comendadora do Centro de Integração Cultural e Empresarial de São Paulo, Personalidade Brasileira e Embaixatriz da música italiana no Brasil.
Serviço

Show Mafalda Minnozzi em “Spritz”
Dia: 9 de outubro de 2012
Local: Bar Brahma – Salão Central
Horário: 22h
Preço: R$35,00
Endereço: Avenida São João, 677, Centro (cruzamento com a Av. São João)
Tel.: (011) 3367-3600/3601
Duração: 90 minutos
Capacidade: 750 lugares
Reservasreservas.bbcentro@fabricabares.com.br – a partir das 21h
Acesso para pessoas com necessidades especiais, estacionamento (vallet), área para fumantes, ar-condicionado

Nenhum comentário: