3 de out de 2012

Lipo com ultrassom é a grande novidade para entrar em forma para o Verão

Lipo com aplicação de ultrassom já está disponível no Instituto do Radium de Campinas
Técnica realizada com equipamento importado e liberado pela Anvisa é menos invasiva que a convencional e possibilita a recuperação mais rápida do paciente
Uma técnica que tem revolucionado a lipoaspiração foi liberada recentemente pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e já está disponível em Campinas. O Instituto do Radium passou a oferecer desde o dia 1º de outubro, o Vaser Lipo, aparelho fabricado nos Estados Unidos que possibilita a realização da lipo com aplicação de ultrassom. A técnica – praticada naquele país desde 2002 e na Inglaterra há cinco anos – possibilita uma série de benefícios em relação ao método convencional, pois é menos invasiva e permite a retirada da gordura de forma mais fácil, com menos dor e baixos índices de traumas.
Consequentemente, a recuperação do paciente é mais rápida que na técnica convencional. Além disso, há menos riscos durante o procedimento porque a gordura a ser retirada, exposta às ondas do ultrassom, fica liquefeita, sendo mais facilmente aspirada com substancial redução no trauma cirúrgico.

A técnica, que pode ser realizada com anestesia local, se distingue das lipos com aplicações de laser, que também dissolvem a gordura localizada do corpo, porque o ultrassom é um procedimento seletivo, isto é, ele age somente na gordura e evita a queima de tecidos, vasos e nervos durante a cirurgia.

O cirurgião plástico campineiro Maurino Joffily Neto, que há seis anos trabalha em Londres, é o responsável pelos procedimentos no Instituto Radium. Com três anos de experiência no uso do ultrassom para remover gorduras, o cirurgião já acumula mais de 300 procedimentos realizados e está em contato direto com conceituados cirurgiões com o médico Kam Singh, um dos treinadores oficiais do Vaser Lipo no Reino Unido.

“A lipoaspiração ultrassônica é um procedimento minimamente invasivo de contorno corporal que emprega forças acústicas e mecânicas para dissolver a gordura, enquanto preserva outros tecidos importantes, como os vasos, nervos e tecidos conectivos. A sua seletividade é o grande diferencial, reduzindo substancialmente o trauma cirúrgico e, consequentemente, o edema, aumentando assim a eficiência e a segurança da lipoaspiração”, explica Joffily Neto. Outra importante propriedade do ultrassom é o estimulo na produção de colágeno, o que ajuda na contração da pele reduzindo a flacidez.

O equipamento é composto de cânulas de titânio de vários tamanhos, especificas para cada área do corpo. As cânulas convertem a energia elétrica liberada por um amplificador em energia vibratória. Esta vibração ocorre em uma frequência acima daquela detectada pelo ouvido humano, por isto chamada ultrassônica.

Ainda segundo o especialista, como o procedimento é mais seguro que a lipoaspiração convencional, um maior número de pacientes pode se beneficiar da técnica que permite cirurgias com pouco sangramento e um trauma cirúrgico bem menor, possibilitando que ele retorne às atividades, como trabalho e até mesmo esporte, mais rapidamente que nas lipos convencionais.

O cirurgião lembra, também, que a indicação para uma lipoaspiração deve ser precisa, ou seja, deve sempre ser vista como uma técnica de remoção de gordura, e não de emagrecimento. “Uma dieta saudável e atividade física regular devem sempre fazer parte do processo de emagrecimento e da melhoria da qualidade de vida”, afirma Maurino Joffily Neto.
O Instituto do Radium de Campinas dispõe de um moderno Day Hospital anexo, com suporte de hospital geral, duas salas cirúrgicas rigorosamente equipadas e quatro apartamentos confortáveis.
Serviço:Instituto do Radium
Campinas-SP. Av. Heitor Penteado, 1780, Taquaral
Telefone: (19) 3753-4100 / 3254-9199
www.radium.com.br

Nenhum comentário: