4 de out de 2012

Conexão Cultural Tigre/ICRH traz cinema de graça a São Paulo


Conexão Cultural Tigre/ICRH traz cinema de graça a São Paulo
Limeira, Rio Claro e Indaiatuba recebem caminhão-cinema a partir de segunda-feira (08) 
Três municípios paulistas recebem a partir desta segunda-feira (08) o Conexão Cultural Tigre/ICRH – Cinemóvel, que exibe filmes gratuitamente a bordo de um caminhão. A iniciativa integra o projeto Gira Brasil 2012 e visitará 30 cidades de dez estados do Sul, Sudeste e Nordeste. Em São Paulo, o caminhão passará por Limeira (8 e 9 de outubro), Rio Claro (16 a 26) e Indaiatuba (29 de outubro a 1º de novembro), com sessões em vários horários (ver abaixo).
Até 30 de novembro, o caminhão visitará Santa Catarina, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Minas Gerais, São Paulo e Paraná. Nas 330 sessões previstas são esperados 9.900 espectadores. No caminhão, equipado com telona de 120 polegadas, climatização e 30 poltronas, estarão em cartaz sete filmes: Eu e Meu Guarda Chuva; Rio, o Filme; Turma da Mônica – Cine Gibi 5: Luz, câmera, ação!; Uma Professora Muito Maluquinha; O Menino da Porteira; O Bem Amado; e As Melhores Coisas do Mundo. Os filmes fazem parte de uma geração de produções que está atraindo grandes públicos às salas do país nos últimos anos.
Segundo a Agência Nacional do Cinema (Ancine), filmes brasileiros somaram no ano passado quase 18 milhões de ingressos e mais de R$ 163 milhões de renda bruta – um dos três melhores desempenhos dos últimos dez anos, em números absolutos. “Chegar à população excluída dessas estatísticas por fatores como o preço dos ingressos ou a ausência de salas de cinema nas cidades é o propósito do Conexão Cultural Tigre/ICRH. Trata-se de uma oportunidade para o público assistir confortavelmente a algumas dessas produções”, explica o coordenador do projeto, Armando Appel. Nos dois últimos anos, a iniciativa realizou 849 sessões, com público de 24.085 pessoas.
“Com investimentos consistentes em ações de Educação, Esporte, Cultura e Saúde, buscamos apoiar propostas que efetivamente tragam uma perspectiva melhor de futuro, aliadas a um conforto e segurança maior no presente. Em 2011, 563 projetos de 213 instituições receberam algum tipo de apoio do ICRH: recursos financeiros, materiais de construção, alimentos, materiais de limpeza, reformas, melhorias, ampliações e tantos outros. Por meio do projeto Conexão Cultural, premiado pela ADVB em 2010, levamos alegria, diversão e educação para as localidades mais distantes”, explica o presidente do Instituto Carlos Roberto Hansen (ICRH), Felipe Hansen.
O Conexão Cultural Cinemóvel é patrocinado pela Tigre e pelo ICRH por meio da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura. A realização é do Ministério da Cultura e a produção, de Jefferson Bevilacqua.
O cinemóvel é apoiado pelas Prefeituras e Fundações Culturais dos municípios participantes. Recomenda-se consultar previamente a disponibilidade de lugares nas sessões. 
Sobre o proponenteO Gira Brasil 2012 tem produção da Magma Cultura, cujo diretor, Jefferson Bevilacqua, executa projetos culturais desde 1999. Seu vasto portfólio inclui shows e eventos produzidos em todo o Brasil e no exterior. Entre os principais projetos desenvolvidos estão o Conexão Cultural Tigre/ICRH, a Mostra Itinerante de Filmes Nacionais John Deere, o Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades e o Circuito FMC de Cinema, todos com recursos captados via Lei Rouanet de Incentivo à Cultura.  
SERVIÇO  
Limeira
Local: Escola Municipal Maria Aparecida de Luca Moore (Rua Jorge Antônio, s/n, Jardim Aeroporto)
08/10: às 10h, 13h30, 15h30 e 19h30
09/10: às 8h e 10h
Apoio: Secretaria de Cultura de Limeira
Informações(19) 3451-2650 (Marília ou Janaina)
 
Rio Claro e Indaiatuba: horários serão divulgados em breve.

SINOPSES 
Eu e Meu Guarda Chuva (livre)Na última noite de férias, três amigos – Eugênio, sempre munido do guarda-chuva herdado do avô, Frida e Cebola – embarcam em uma aventura mágica ao visitar sua nova escola. Um barão, que deveria permanecer em um antigo quadro da parede, ganha vida e comprova sua fama de “terror dos alunos”. Salas e corredores viram o palco de uma fuga repleta de ação que leva a viagens a lugares desconhecidos e ao encontro com personagens inusitados e divertidos. 
Rio, o filme (livre)Blu é uma arara azul que nasceu no Rio de Janeiro mas, capturada na floresta, foi parar na fria Minnesota, nos Estados Unidos. Lá é criada por Linda, com quem tem um forte laço afetivo. Um dia, Túlio entra na vida de ambos. Ornitólogo, ele diz que Blu é o último macho da espécie e deseja que ele acasale com a única fêmea viva, que está no Rio de Janeiro. Linda e Blu partem para a cidade maravilhosa, onde conhecem Jade. Só que ela é um espírito livre e detesta ficar engaiolada, batendo de frente com Blu logo que o conhece. Quando o casal é capturado por uma quadrilha de venda de aves raras, eles ficam presos por uma corrente na pata. É quando precisam unir forças para escapar do cativeiro. 
Turma da Mônica – Cine Gibi 5: Luz, câmera, ação! (livre)O lançamento de "Turma da Mônica em Cine Gibi 5 - Luz, Câmera, Ação!" tem os personagens mais queridos das histórias em quadrinhos: Mônica, Cebolinha, Cascão, Magali e seus amigos em seis episódios inéditos e sensacionais. As aventuras começam quando a Mônica acaba cochilando embaixo de uma árvore mágica e, quando acorda, todos da Turma estão adultos. Será que no futuro ela continuará baixinha e dentuça? E quando Cebolinha e Cascão dão patins novos de presente para ela? É provável que o bairro do Limoeiro não seja mais o mesmo com a Mônica patinadora solta por aí? 
Uma Professora Muito Maluquinha (livre)Catharina foi enviada à cidade grande para estudar, quando era criança. Hoje, aos 18 anos, retornou à sua cidade natal e passou a lecionar em uma escola primária. O único problema é que sua chegada começa logo a provocar certos rebuliços na cidade porque seu comportamento totalmente diferente do tradicional. As tradicionais professoras querem derrubar a querida Catharina, que conquistou o coração de sua turma com seus métodos nada convencionais de ensino.
O Menino da Porteira (12 anos)Anos 50. No vilarejo de Rio Bonito o peão Diogo conduz uma grande boiada até a Fazenda Ouro Fino. Ao passar pelo sítio Remanso ele conhece Rodrigo, um garoto que sonha em se tornar um boiadeiro. Logo eles se tornam amigos, sendo também testemunhas das injustiças que ocorrem na região devido à ganância do major Batista, dono da Fazenda Ouro Fino. O major ordena que seus capangas chantageiem os moradores locais, de forma que vendam o gado pelo preço que deseja. A situação muda quando Otacílio Mendes, pai de Rodrigo, decide se rebelar, contando com a ajuda do farmacêutico dr. Almeida. 
O Bem Amado (12 anos)
Conta a história do prefeito Odorico Paraguaçu, que tem como meta prioritária em sua administração na cidade de Sucupira a inauguração de um cemitério. A história passada no início dos anos 60 é narrada por Neco Pedreira (Caio Blat), um jovem que se apaixona por Violeta (Maria Flor), a filha do prefeito, moça moderna que estuda na capital. Os dois vivem um romance proibido enquanto Odorico sonha em abrir o cemitério municipal. Por falta de defunto, o prefeito nunca consegue realizar sua meta. Odorico arma situações para que alguém morra - inclusive importando um moribundo (Ernesto) que não morre e contratando Zeca Diabo, o matador responsável pela morte de seu antecessor.
 As Melhores Coisas do Mundo (14 anos)Mano é um adolescente de 15 anos. Ele está aprendendo a tocar guitarra com Marcelo, pois deseja chamar a atenção de uma garota. Seus pais, Camila e Horácio, estão se separando, o que afeta tanto ele quanto seu irmão mais velho, Pedro. Sua melhor amiga e confidente é Carol , que está apaixonada pelo professor Artur. Em meio a estas situações, Mano precisa lidar com os colegas de escola em momentos de diversão e também sérios, típicos da adolescência nos dias atuais. 
 

Nenhum comentário: