5 de out de 2012

CARE Brasil lança Manual de Formação de Núcleos Comunitários de Defesa Civil


CARE Brasil lança Manual de Formação de Núcleos Comunitários de Defesa Civil

Lançamento marca comemoração do Dia Internacional de Redução de Desastres; o manual é direcionado a entidades, movimentos sociais ou grupos comunitários que desejem replicar essa iniciativa e minimizar riscos de novos desastres

Na semana em que comemora-se o Dia Internacional de Redução de Desastres (12/10), a CARE Brasil dividirá com a sociedade uma experiência que ajudou a salvar vidas em situações de emergência na Região Serrana do Rio de Janeiro. Após apoiar a formação de três Núcleos Comunitários de Defesa Civil (NUDECs), a ONG lança, em parceria com as Defesas Civis de Nova Friburgo e Teresópolis, um inédito Manual de Formação de NUDECs.
O lançamento será realizado na próxima quarta-feira, dia 10 de outubro, na Avenida Alberto Braune, 224 (auditório do antigo prédio da Oi), em Nova Friburgo (RJ), a partir das 14 horas.
Redigido por Daphne Sorensen e Roberta Dutra (ambas da CARE Brasil), o manual é fruto do projeto de Redução de Riscos de Desastres (RRD), iniciado após o desastre natural que atingiu a Região Serrana em 12 de janeiro de 2011. A publicação contou com a colaboração técnica de José Claudio Barros (CARE Brasil), Hauke Hoops (CARE Internacional), Alvaro de Vicente e Ivette Velasco (ambos do escritório da Ajuda Humanitária e Proteção Civil da Comissão Europeia na América do Sul). Seu conteúdo traz experiências da Região Serrana, dicas e instrumentos, como, por exemplo, a importância da mobilização comunitária, as dinâmicas da formação dos Núcleos e o processo pedagó gico, além de folhetos com materiais de apoio para os facilitadores, entre outros. O manual também ficará disponível para download no site da CARE (www.care.org.br).
"Em nossas ações, na Região Serrana, deparamo-nos com a falta de um manual que descrevesse o passo a passo da formação e decidimos preencher essa lacuna, sistematizando os aprendizados obtidos na formação dos NUDECs Rosário e Perpétuo, em Teresópolis, e Duas Pedras, em Nova Friburgo. Esperamos que este manual sirva como ponto de partida para entidades que estão interessadas em formar NUDECs em seus bairros, comunidades e regiões, mas não sabem por onde começar. Essa é uma forma de contribuirmos para o fortalecimento de políticas de Redução de Riscos de Desastres no Brasil", explica Daphne Sorensen.
O lançamento contará com a presença de membros dos NUDECs já formados, que falarão sobre suas experiências. O evento também marca o encerramento dos 15 meses de trabalho da CARE Brasil na Região Serrana. Na ocasião, serão apresentadas as ações do projeto "Aumentando resiliências e fortalecendo comunidades: Redução de Riscos de Desastres na prática no Brasil".
Celebrado anualmente, o Dia Internacional para a Redução dos Desastres Naturais foi instituído pela Assembleia Geral das Nações Unidas para servir como alerta e reflexão sobre a temática dos desastres naturais e  as suas formas de prevenção e < A title=Mitigação href="http://pt.wikipedia.org/wiki/Mitiga%C3%A7%C3%A3o">mitigação, contribuindo para criar uma sociedade mais capacitada para enfrentar os fenômenos naturais, que tendem a se agravar em frequência e intensidade em decorrência das mudanças climáticas.

Sobre os NUDECs - Com a formação de membros voluntários da comunidade em Redução de Riscos de Desastres (RRD), primeiros socorros, meio ambiente, rotas de fuga e outros temas, a CARE apoiou a criação de dois NUDECs em Teresópolis e um em Nova Friburgo, em 2011. Mais detalhes sobre a experiência no link http://www.youtube.com/watch?v=CyrTlPBmUsU
A Política Nacional de Defesa Civil aponta o NUDEC como o elo mais importante do Sistema Nacional de Defesa Civil. Tem como finalidade promover a integração de toda a sociedade para garantir ações de segurança social. Por meio de programas de mudança cultural e treinamento, os NUDECs buscam promover o engajamento das comunidades no tema de maneira participativa, contribuindo para que se mantenham informadas, preparadas e conscientes de seus direitos e deveres relativos à segurança comunitária.
Os NUDECs fundamentam-se na promoção de mudança cultural em dois níveis: participação e prevenção. É no NUDEC que deverão acontecer os debates sobre a questão da segurança da localidade. No caso de desastres, os danos sempre serão menores quanto mais preparada e menos vulnerável estiver a comunidade.

Parceria - A União Europeia, por meio do Departamento de Ajuda Humanitária da Comissão Europeia (European Commision Humanitarian Aind Departament - ECHO), investe no trabalho da CARE Brasil em prevenção e redução de riscos de desastres na região. O trabalho da CARE Brasil na Região Serrana é possível também graças ao investimento de indivíduos e ao financiamento das seguintes empresas (que em alguns casos também engajaram colaboradores e/ou clientes): Walmart, VALE, Bank of America, Merril Lynch, Kraft Foods, Vostu, Levi Strauss, HSBC, JP Morgan, Pfizer, PriceWaterhouseCoopers, B.Braun, Machado Associados. Outras empresas apoiaram a CARE Brasil mobilizando seus colaboradores e/ou clientes e fornecedores: Accenture, Banco Santander, Banco Societe Generale, Cisco, Dow Química, Escola Britânica de São Pa ulo - Saint Paul´s School, Good Card Embratec, Nike e Votorantim Metais. O Instituto C&A doou bens materiais.

Sobre a CARE Brasil - A CARE Brasil é uma ONG brasileira, com título de OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público), que iniciou suas operações em 2001. A CARE Brasil se concentra no combate à pobreza, abordando as suas causas estruturais por meio de projetos de desenvolvimento urbano e rural. Para este fim, opera atualmente em oito estados, incluindo duas áreas urbanas (Rio de Janeiro e São Paulo) e seis regiões rurais (Acre, Bahia, Piauí, Maranhão, Ceará e Goiás). Atua ainda na resposta e redução de risco de desastres, com projetos em andamento na Região Serrana do Rio de Janeiro, Região do Alto Acre e Francisco Morato, em São Paulo.
A CARE Brasil faz parte da rede da CARE Internacional. Com atuação em 84 países, a CARE apoiou, em 2011, mais de 122 milhões de pessoas, melhorando a saúde básica e a educação, combatendo a fome, desenvolvendo o acesso à água potável e saneamento, expandindo oportunidades econômicas, combatendo as mudanças climáticas e atuando na recuperação de desastres. Para mais informações, acesse: www.care.org.br.
Contatos com: Nilton Sergio e Lais Dias

Nenhum comentário: