24 de out de 2012

Caravana da Acessibilidade em Orlândia abre portas para Projeto Vitória

A sétima etapa da Caravana da Acessibilidade, Inclusão e Cidadania 2012 aconteceu no último final de semana em Orlândia. O evento é realizado pela UVESP-União dos Vereados do Estado de São Paulo e discute os temas relacionados às pessoas com deficiência física ou mobilidade reduzida. E no sábado (20), reuniu cerca de 200 participantes entre moradores e autoridades locais.
Durante a Caravana, assuntos como transportes, mercado de trabalho e paradesporto foram apresentados pelos palestrantes, em sua maioria integrantes da Secretaria Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência. O presidente da UVESP, Sebastião Misiara, assim como a Secretária Municipal de Educação, Vera Lucia Bruno - representando o Prefeito de Orlândia, Rodolfo Meireles - Edson Vieira, representando o presidente da Câmara Municipal e os vereadores Luis Carlos Beira, Guilherme Vieira, Juliano Cesar Rodrigues, Roberto Bruno, vereador de Pirassununga e a Presidente do Projeto Vitória, Cleide Aparecida completaram a mesa de discussões.
A participação especial do Projeto Vitória abrilhantou o evento que sem dúvida trouxe ao conhecimento da cidade toda uma realidade que por vezes se esconde aos olhos da população. Criado há 14 meses, a partir da necessidade de proporcionar uma vida digna para sua própria filha, a presidente Cleide, desenvolveu o projeto de maneira ímpar, que atende hoje 24 crianças e jovens com alguma deficiência, no espaço cedido pela Prefeitura de Orlândia.
A ação tem como objetivo buscar o esporte, lazer, cultura e desenvolvimento de habilidades motoras e intelectuais, realizando assim a inclusão. Para isso, conta com o trabalho voluntário de parceiros que somam esforços diários para que tudo funcione. Os cuidadores atuam com atividades de hidroterapia, ecoterapia, aulas de Judô e de Educação Física, sessões de fonoaudiologia, fisioterapia e Terapia ocupacional.
As crianças da região participaram de uma emocionante apresentação de dança e também do Desfile de Moda Inclusiva, que é desenvolvido pela assessora técnica da Secretaria Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Daniela Auler. Sobre o projeto, o presidente da UVESP falou da importância dessas ações regionais para a comunidade. Segundo Misiara, é preciso que os órgãos governamentais, por meio de suas várias secretarias, atentem para a importância de estar presente em eventos que abordem a acessibilidade e cidadania, com a finalidade de praticar a igualdade nesses direitos, bem como respeito e amor.

Nenhum comentário: