16 de ago de 2012

Desenvolvimento sustentável e educação ambiental em pauta na Bienal 2012


Holding editorial Grupo A (estande L90) traz no portfólio lançamentos voltados para a preocupação do leitor com o meio ambiente e a sustentabilidade

Em ano de Rio+20, impossível não pensar em sustentabilidade. A ascensão da Geração Y no mercado de trabalho (tão atenta a questões relacionadas com o bem estar coletivo e o futuro do planeta) trouxe às rodas de conversa e às universidades uma discussão constante sobre desenvolvimento sustentável. E essa evolução no pensamento não é de agora. Segundo uma pesquisa feita com quase 1500 empresas pelo banco Santander aqui no Brasil, o aumento do interesse pelos temas ambientais e pela sustentabilidade é visível tanto no corpo executivo das empresas quanto no quadro de funcionários. Entre a alta gerência, por exemplo, a porcentagem de quem considera a sustentabilidade importante dentro da empresa saltou de 65% para 82% ao longo de 2010.Acompanhando essa mudança do comportamento do público, a holding editorial Grupo A (tradicional no mercado editorial brasileiro pelo portfólio focado em livros de saúde, educação e negócios) passou a investir em lançamentos que atendem a essa preocupação geral.
As principais novidades editoriais do Grupo A em sustentabilidade ficam por conta dos seguintes títulos:Cidades Sustentáveis, Cidades InteligentesMeio ambiente e sustentabilidadeCruzando a Fronteira da Energia” – lançados sob o selo da Bookman Editora - e Nosso Planeta Verde e Educação ambiental” – publicados pelaPenso Editora. A escolha dessa temática se deu pela percepção de que o mercado estava carente de publicações técnicas de qualidade. Exemplo disso é o aumento da procura por cursos nessa área nos últimos anos, o que incentivou os nossos lançamentos dentro desse segmento” – ressalta Maíra Franz, gerente de marketing do Grupo A. E, para entrar com força nas publicações em sustentabilidade, a estratégia da editora foi publicar títulos de nomes consagrados e reconhecidos pelos profissionais que trabalham com o assunto.
O arquiteto Carlos Leite e sua análise das megacidades são o grande destaque entre os lançamentos, com o livro Cidades Sustentáveis, Cidades Inteligentes” – primeiro legado brasileiro sobre desenvolvimento sustentável. Na obra, o autor, entusiasta do urbanismo, dedicou-se a mostrar os caminhos para o planejamento urbano e a indicar exemplos a serem seguidos por governantes quando o assunto é desenvolvimento sustentável.
Outro livro que se destaca é Meio ambiente e sustentabilidade, resultado do trabalho de três professores brasileiros respeitados na área – André Henrique Rosa da UNESP, Leonardo Fernandes Fraceto da UNICAMP e Viviane Moschini Carlos da UFScar. A obra apresenta uma visão abrangente das questões ambientais contemporâneas com rigor científico, didatismo e propostas de soluções sustentáveis. O professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV/EAESP) José Carlos Barbieri comenta: o leitor entrará em contato com questões graves e frequentes, como as diferentes formas de poluição e de uso dos recursos, bem como os meios para enfrentá-las, como modelagem ambiental, manejo de solo degradado, análise de riscos ambientais e tratamento de emissões.
Em Cruzando a Fronteira da Energia, o físico economista Robert Ayres (mundialmente reconhecido por seu trabalho sobre o papel da termodinâmica no processo econômico) debate as soluções para o seguinte questionamento: será que a economia mundial vai conseguir atingir os níveis tão esperados pela Revolução da economia verde?. O autor também propõe dois desafios ao paradigma econômico dominante: focar os gastos com energia física para baratear os custos dos serviços e fazer o mundo industrial deixar de ser dependente dos combustíveis fósseis.
Completando a lista de lançamentos, Nosso planeta verde” traz 100 práticas para trabalhar a temática na educação infantil, enquanto Educação Ambiental” reúne reflexões, propostas e experiências de importantes pesquisadores e educadores brasileiros que já trabalham a temática e são fontes estratégicas de informação na área.
O Grupo A está no estande L90 na Bienal, atrás do Salão de Ideias.

Sobre o Grupo A (http://www.grupoa.com.br)
O Grupo A, uma holding editorial brasileira com 30 anos de mercado, é detentora dos selos Artes Médicas, Artmed, Bookman, McGraw-Hill, Penso e Tekne. Com cerca de dois mil títulos em catálogos, é responsável pelo lançamento de, aproximadamente, 350 livros por ano, sendo 20% de autores nacionais. Sua linha editorial está voltada para a publicação de livros científicos, técnicos e profissionais (CTP) nas áreas de biociências, ciências humanas, exatas, sociais e aplicadas. O Grupo tem parcerias com editoras internacionais e é a editora parceira dos livros de importantes Instituições Científicas Brasileiras. Este ano a empresa estabeleceu um acordo de exclusividade com a Blackboard, líder global em tecnologia para educação, que visa a distribuição dos conteúdos dos selos editoriais do Grupo por meio de plataformas e-learning para o mercado educacional. Outros negócios: Revista BMJ Brasil (versão brasileira do British Medical Journal); Revistas Pátio (voltadas para a qualificação dos professores brasileiros); Educação Corporativa - Programa de Desenvolvimento Gerencial CoachingOurselves; Portais MedicinaNET.

INFORMAÇÕES:
Assessoria de imprensa do Grupo A: BRSA  Branding and Sales
Atendimento: Denise Aielo| @dediaielo
Email: daielo@brsa.com.br | Skype: dediaielo
Gerente de atendimento: Samara Monteiro
Email: smonteiro@brsa.com.br | Skype: sasamonteiro
Diretora de Branding: Juliana Saad | @julianasaad
Email: jsaad@brsa.com.br| Skype julianasaad
www.brsa.com.brwww.brsa.com.br- Sigam nosso twitter: @BRSAbrasil

Nenhum comentário: