19 de jul de 2012

SP libera R$ 5 milhões para Santa Casa de São Paulo


 


Repasse extra tem como objetivo auxiliar a unidade para a reforma da enfermaria dos departamentos de cirurgia e clínica médica

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo libera nesta segunda-feira, 16 de julho, um repasse extra de R$ 5 milhões para auxiliar a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. O anúncio será feito na manhã de hoje, pelo governador Geraldo Alckmin, durante evento na própria Santa Casa.
         O repasse será destinado para a reforma da enfermaria dos departamentos de cirurgia e clínica médica. Com a obra, o espaço que tem 215 leitos de isolamento e de enfermaria para adultos nos departamentos cirúrgicos e clínicos, ganhará 29 novos leitos, passando a contar com 244 leitos, um aumento de 13,5% do total.
         Será reformado um espaço de 1.316 m², incluindo o mezanino, que será ocupado por um Centro de Estudos Científicos, anfiteatros e áreas administrativas. A primeira parcela do investimento será no valor de R$ 2 milhões e o restante será repassado de acordo com as necessidades e andamento da obra.
         “Esse repasse extra é muito importante para auxiliar a Santa Casa que, assim como outras unidades filantrópicas do Estado, se encontram em dificuldade financeira. Essas unidades são responsáveis por quase metade das internações realizadas na rede pública em todo o Estado”, afirma o secretário de Estado da Saúde de São Paulo, Giovanni Guido Cerri.
         Fundada há mais de quatro séculos, a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, instituição filantrópica, privada e laica, é um dos mais importantes complexos hospitalares na cidade de São Paulo. A unidade atende mais de 8.000 pessoas por dia em todas as especialidades médicas, possui mais de 2.000 leitos, registra uma média mensal de 110 mil atendimentos ambulatoriais, 130 mil atendimentos de emergência, 3,5 mil cirurgias e 370 mil exames. É referência nos atendimentos de emergência, ortopedia, pediatria e serviços de alta complexidade como neurocirurgias e transplantes.
         A Secretaria de Estado da Saúde auxilia constantemente as santas casas e hospitais beneficentes do Estado com repasses extras, além do teto SUS. No início deste ano foi liberado um repasse extra de R$ 11,9 milhões para auxiliar 346 unidades de todo o Estado.  Além disso, no ano passado 121 outras entidades foram beneficiadas com repasses de verba pelo programa Pró-Santa Casa.

Nenhum comentário: