8 de jan de 2019

ESPETÁCULO MEGERA DOMADA REESTREIA NO ESPAÇO PARLAPATÕES



Crédito das fotos: Beto Amorim


ESPETÁCULO MEGERA DOMADA REESTREIA NO ESPAÇO PARLAPATÕES

Inspirada na clássica comédia de William Shakespeare, montagem multiplica as leituras da peça do autor inglês. Com dramaturgia e direção de Aimar Labaki, trabalho reúne no elenco os atores Agnes Zuliani e Rogério Brito

Inspirado na clássica comédia de William Shakespeare, o espetáculo MEGERA DOMADA reestreia dia 11 de janeiro, sexta-feira, às 21h, no ESPAÇO PARLAPATÕES. A montagem multiplica as leituras da peça do autor inglêsCom dramaturgia e direção de Aimar Labaki, trabalho reúne no elenco os atores Agnes Zuliani e Rogério Brito. A peça é uma realização da Thara Theatro.

“É uma comédia feminista a partir de um clássico machista. Megera Domada (sem o “a”, afinal o monstro pode ser qualquer um de nós) é um espetáculo que multiplica as leituras da peça de Shakespeare ao mesmo tempo em que resume o elenco a dois grandes atores – Agnes Zuliani e Rogério Brito – que se multiplicam em todos os papéis”, afirma o diretor Aimar Labaki.

A Megera Domada, por alguns consideradas como o mais machista dos textos clássicos, é na verdade uma grande e divertida reflexão sobre a questão da representação e das máscaras sociais. Basta citar o fato de ser a única peça shakespeariana a conter um prólogo – e exatamente um prólogo que apresenta a peça em si como uma grande encenação.

“As lutas identitárias redefiniram a política tradicional. E também a forma de se abordar temas que sempre estiveram presentes no palco: sexo, política, gênero. Nosso objetivo é trazer a Megera para esse novo público e confrontá-la com essa nova visão das questões relacionadas ao gênero – sem abrir mão do grande humor do bardo”, finaliza Aimar.

Espetáculo tem cenário e figurinos de Anne Cerutti; iluminação de Carlos Baldim; trilha sonora de Aimar Labaki; assistência de direção de Mariana Leme; direção de movimento, preparação corporal e fotos de Beto Amorim; visagismo de Eliseu Cabral; assistência de cenário e figurino de Adriana Barreto; operação de som de Paulo Akio; operação de luz de Stella Politti; estágio de produção de Isabel Nigri e produção de Murillo Carraro.

Aimar Labaki: Dramaturgo, diretor, tradutor, roteirista e ensaísta. Dirigiu, traduziu e fez a dramaturgia de espetáculos como Prego na Testa, de Eric Bogosian, com Hugo Possolo; A Graça da Vida, de Trish Vrademburg, com Natália Thimberg, Graziela Moretto e Clara Carvalho e Zibaldoni, de Giacomo Leopardi, com Adriana Londoño e Clovys Torres.

Agnes Zuliani: Atriz, transita com igual desenvoltura pela comédia, pelo drama e pelo teatro contemporâneo. Já trabalhou com Maria Alice Vergueiro, Ary França (indicada ao prêmio Shell de melhor atriz), Elias Andreatto, William Pereira, Eric Lenate e muitos outros. No humor tornou-se conhecida no elenco da Terça Insana, vivendo tipos que criou como a Mal Amada, Carlota Joaquina e a Senadora Biônica.     

Rogério Brito: Ator formado pela EAD – Escola de Arte Dramática da USP -, indicado ao Prêmio Shell de Teatro e premiado no cinema, o ator acumula diversos trabalhos com os mais renomados profissionais de teatro, cinema e TV. Seu último trabalho é a peça 1984, direção de Zé Henrique de Paula, no teatro Anchieta, SESC Consolação.

Para Roteiro

MEGERA DOMADA – Reestreia dia 11 de janeiro de 2019, sexta-feira, às 21h. Dramaturgia, tradução e direção: Aimar Labaki. Com a Thara Theatro. Elenco: Agnes Zuliani e Rogério Brito. Duração: 75 minutos. Recomendação: 12 anos. Ingressos: R$40,00 (inteira) e R$20,00 (meia). Sexta e sábado, às 21h. Até 16 de fevereiro.

ESPAÇO PARLAPATÔES – Praça Franklin Roosevelt, 158 – Centro, tel: 3258-4449. Capacidade 96 lugares. Bilheteria funciona de terça a domingo, a partir das 16h. Bar. Acesso para deficientes. Aceita cartões.

Parque João e o Pé de Feijão chega para animar as férias do Shopping Anália Franco



De 12/01 a 03/02, atração inédita em São Paulo reúne brincadeiras para todas as idades e oficina de plantação de feijõezinhos na praça de eventos do mall


Era uma vez um menino chamado João. Ao trocar sua vaquinha por feijões mágicos, entrou em uma aventura que o levou para além das nuvens, na casa de um gigante. Lá ele encontrou a quantidade necessária de ouro para ajudar sua família. Baseado nesta história de realização de sonhos e fantasias, o Shopping Anália Franco recebe o “Parque João e o Pé de Feijão”, como evento de férias, entre os dias 12/01 e 03/02.
No parque, diversas atividades representam o conto como um escorregador de pé de feijão com caule rodeado por folhagens, piscina de bolinhas em formato de sopa do enorme homem e escorregador menor em forma de um ovo de ouro. O cenário conta também com um gigante de 4,5 metros de altura e uma harpa mágica para fotos.
E para tornar a experiência ainda mais mágica, as crianças poderão participar de uma oficina para plantar seu próprio feijão. Na atividade, elas também irão customizar os vasinhos para levarem para casa, com apliques, pedrarias e papéis coloridos.
Todas as atrações são gratuitas e pais e filhos poderão brincar juntos. Consulte o regulamento de cada atividade do parque na Praça de Eventos.

ServiçoFérias de janeiro: Parque João e o Pé de Feijão
Data: de 12/01 a 03/02
Horários: de domingo a sexta, das 13h às 20h30
sábados e feriado (25/01 – aniversário de SP), das 10h às 20h30

Local: Shopping Anália Franco - Praça de Eventos
Endereço: Avenida Regente Feijó, 1739 - Tatuapé, São Paulo/SP
Sobre o Shopping Anália FrancoInaugurado em 1999, o Shopping Anália Franco é referência em moda, estilo e sofisticação na Zona Leste de São Paulo. O empreendimento faz parte da vida dos moradores da região, que encontram no Shopping um mix de lojas completo e qualificado. Alguns de seus principais destaques são os serviços oferecidos e a preocupação com a ambientação – paisagismo, iluminação natural, corredores largos e pé direito alto e lounges – que tornam a visita ao estabelecimento um momento extremamente agradável. Atualmente, o Shopping Anália Franco possui 403 lojas. Entre as opções de serviços e lazer estão redes como Companhia Athletica, Laboratório Fleury, Tok & Stok, Studio W e UCI Cinemas, com nove salas, sendo uma delas IMAX e uma 4DX. O Shopping também possui relevantes marcas nacionais e internacionais como Forever 21, Lindt, Swarovski, Miniso, Nespresso, Sephora, Ben&Jerrys, MAC, Osklen, Calvin Klein, VR, Lacoste, Starbucks, Pandora, Le Lis Blanc e Ricardo Almeida. Na gastronomia, estão os restaurantes Abbraccio, Almanara, America, Burger Joint, Jeronimo, Madero, Mastino, Nahoe Sushi, Outback SteakHouse, Spaghetti Notte e The Fifties, além da confeitaria Pati Piva. Completam a lista, 21 opções de fast-food instaladas na praça de alimentação, além de cafés e doçarias.

Grupo especial Teresa Perez EPIC 2019 tem como destino o festival Kumbh Mela, na Índia



O roteiro personalizado leva o grupo de viajantes para vivenciar o festival mais antigo da humanidade

A Teresa Perez Tours, especialista em criar roteiros personalizados, preparou para o primeiro grupo especial de 2019 um de seus destinos EPIC’s mais desejados pelos viajantes, a Índia. O grupo, que embarca em 05 de fevereiro e tem seu retorno marcado para o dia 14, terá a oportunidade de vivenciar o mais antigo festival da humanidade, o Kumbh Mela, além de conhecer as tradições do país, gastronomia e costumes locais com a curadoria da Teresa Perez Tours.

O festival é famoso por reunir mais de 70 milhões de pessoas quatro vezes a cada 12 anos. Segundo a mitologia, o festival está inserido nos livros sagrados hindus e seus rituais já lotavam as margens dos rios do subcontinente indiano séculos antes de Cristo. O primeiro registro escrito só foi feito no século 7 d.C. pelo viajante chinês Hiuen Tsiang, que naquele período calculou 500 mil pessoas presentes no evento. A época e duração do festival são definidas pelo alinhamento dos planetas e pelo movimento de Júpiter pelo Zodíaco. A cada doze anos celebra-se o contato da substância divina com a Terra em seus rios. Em uma demonstração de fé emocionante, milhões de peregrinos reúnem-se para se purificar nas águas sagradas em datas pré-estabelecidas com o ciclo lunar. O grupo presente no Kumbh Mela terá a oportunidade de purificar seus pecados cometidos nesta encarnação e em todas as vidas passadas, de acordo com os preceitos hinduístas.

O roteiro passa também por diversos outros lugares do país, tendo seu início em Délhi, passagem pela cidade sagrada de Varanasi e por cidades do dourado Rajastão. Um dos destaques da viagem será a companhia do jornalista Arthur Veríssimo, que é apresentador e profundo conhecedor da Índia e suas tradições, onde já esteve por 20 vezes incluindo 6 passagens pelo Kumbh Mela.
Durante o festival, o grupo de viajante terá a experiência de se hospedar em um glamping - os famosos acampamentos de luxo - sendo especialmente projetado para o Kumbh Mela, com todo o conforto e vistas espetaculares para os rituais que acontecem no espaço.
Passeios em Old Delhi, visitas à Mesquita Jama Masjid, uma das maiores de toda a Ásia, ao Forte Vermelho, símbolo do poder Mongol, ao mercado Chandini Chowk, e ao Raj Ghat, memorial dedicado a Mahatma Gandhi também estão no roteiro do grupo, além de passeios de barco no rio Ganges e visita à Sarnath, um dos mais importantes centros budistas do planeta.

Teresa Perez Tours
Com 27 de anos de história a Teresa Perez Tours é especialista em criar e reinventar roteiros personalizados. Sua atuação pioneira inclui um trabalho consistente de consultoria em viagens em destinos nas Américas, Europa, Ásia, África e Oceania. Com um time de consultores apaixonados por viagens, a agência identifica os interesses, desejos e necessidades de cada cliente, com análise de roteiros, destinos, culturas e logísticas. Teresa Perez, fundadora, e Tomas Perez, presidente da agência, são membros do Conselho do mundialmente renomado Grupo Four Seasons, no qual discutem tendências e qualidade dos serviços, dentre outros assuntos do setor. A operadora também faz parte dos conselhos da Belmond, Rosewood e Shangri-la, além de integrar clubes de benefícios das redes de hotéis Mandarin Oriental, Ritz-Carlton, Starwood, Four Seasons e Rocco Forte, que garantem vantagens exclusivas aos seus clientes. A empresa também vem sendo sucessivamente reconhecida através de prêmios concedidos anualmente no Virtuoso Travel Week, tendo recebido oito troféus nos últimos 7 anos – os 5 mais recentes como Top Production Latin America. Recentemente, a Teresa Perez também foi premiada como a agência com melhor resultado no mercado da América Latina e, em 2015, ganhou o exclusivo título Ruby of Siam – concedido pela Virtuoso a um pequeno grupo de agentes de viagens internacionais que representam a excelência em serviços de alto padrão.

“Casa de Bonecas – Parte 2”, continuação da peça clássica de Henrik Ibsen, é apresentada no Sesc Santo André





“Casa de Bonecas – Parte 2”, continuação da peça clássica do norueguês Henrik Ibsen, é apresentada no Sesc Santo André

Com direção de Regina Galdino e texto do jovem dramaturgo norte-americano Lucas Hnath, a peça narra retorno de Nora Helmer à casa de sua família, quinze anos depois de tê-la abandonado.



Publicado em 1879, o clássico “Casa de Bonecas”, do dramaturgo norueguês Henrik Ibsen (1828-1906) causou polêmica ao questionar as convenções sociais e o casamento enquanto instituição social.

Com dramaturgia do jovem norte-americano Lucas Hnath e direção de Regina Galdino, “Casa de Bonecas – Parte 2” é apresentada no Teatro do Sesc Santo André em duas noites, dias 18 e 19 de janeiro. A tradução é de Marcos Daud, e o elenco é formado por Marília Gabriela, Luciano Chirolli, Eliana Guttman e Clarissa Kiste.



Na “Casa de Bonecas”, de Ibsen, Nora Helmer falsifica uma assinatura do pai e faz, em segredo, um empréstimo para salvar Torvald, seu marido. Mas, quando ele descobre a fraude por causa da chantagem de um agiota, repudia a esposa, humilhando-a e negando que ela continue educando os filhos. O agiota devolve a promissória, salvando os Helmer, mas Nora, desiludida com a covardia e hipocrisia de Torvald, ao ver a posição inferior da mulher na sociedade, revolta-se e abandona o marido e três filhos pequenos.
No texto de Lucas Hnath a emblemática personagem Nora, agora uma escritora de sucesso, retorna 15 anos depois ao lar porque precisa oficializar o divórcio com Torvald. Popular por defender causas feministas, ela está sendo chantageada para negar suas ideias, pois uma mulher casada não poderia ter uma vida independente.

De volta ao núcleo familiar, Nora enfrentará a recriminação da criada, da filha mais nova e do marido por tê-los abandonado e por ter tido a ousadia de escolher o que fazer de sua vida. Diante da cobrança sobre suas responsabilidades de esposa, ela argumenta que o casamento funciona como uma prisão para as mulheres e que o amor deveria ser livre. Mais uma vez ela terá que decidir entre ficar à mercê de mentiras, regras sociais equivocadas e da visão retrógada de seus entes queridos ou assumir sua identidade e lutar por um mundo diferente.

 “O jovem autor, Lucas Hnath, desenha os diálogos como se fossem poemas modernos, gráficos, indicando ritmos, sonoridades, pausas, repetições e intenções que dispensam as tradicionais rubricas. O texto ganha uma musicalidade muito particular, e, num misto de comédia e drama, as relações das personagens surgem límpidas e cortantes, sem maniqueísmos. Futuro e passado, utopia e tradição, luminosidade e trevas, opção e necessidade, maturidade e juventude, coragem e medo, casamento e amor livre, são algumas das contradições que o público irá acompanhar nessa trajetória da personagem Nora em busca de sua identidade, negando a sociedade forjada em mentiras”, diz a diretora Regina Galdino.

“Casa de Bonecas – Parte 2”, inédito no Brasil, foi um grande sucesso na Broadway e Lucas Hnath foi indicado ao Prêmio Tony 2017 de Melhor Texto.

Casa de Bonecas – Parte 2
Dia 18, sexta-feira, às 21h.
Dia 19, sábado, às 20h.
Ingressos em R$ 20,00 (inteira), R$ 10,00 (meia-entrada) e R$ 6,00 (trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo e seus dependentes com Credencial Plena). Disponíveis no Portal Sesc SP a partir de 8/1, às 12h, e nas Bilheterias da Rede Sesc a partir de 9/1, às 17h30.
Recomendação etária: 14 anos.

SESC SANTO ANDRÉ
Rua Tamarutaca, 302 – Vila Guiomar – Santo André
Telefone – (11) 4469-1311
Estacionamento (vagas limitadas): Credencial Plena – R$ 6 |
Outros – R$ 11.
Informações sobre outras programações:
sescsp.org.br/santoandre | facebook.com/SESCSantoAndre
Assessoria de Imprensa do Sesc Santo André:
Cauê Colodro | 11 4469-1312
Cibele Porzelt | 11 4469-1310

Le Postiche incentiva doação de mochilas para crianças carentes

Campanha “Mochilas do Bem” receberá doações até o dia 17 de fevereiro

Milhares de crianças do sertão nordestino serão beneficiadas pelo projeto “Mochilas do Bem”, desenvolvido pela Le Postiche em parceria com a instituição Amigos do Bem. A iniciativa – que vai destinar mochilas usadas para regiões carentes - visa, além da contribuição social, estimular o reaproveitamento e a diminuição do descarte de itens que ainda estão em bom estado.

Para participar, basta levar nas lojas da rede uma mochila antiga de qualquer marca. Ela vale R$30 de desconto na compra de uma mochila nova nas 220 unidades da Le Postiche espalhadas pelo Brasil. Todas as mochilas arrecadadas serão doadas para a instituição Amigos do Bem, que transforma a vida de milhares de famílias nordestinas com programas de educação, trabalho, moradia e acesso à água e saúde, atendendo mais de 60 mil pessoas todos os meses.

Para Alessandra Restaino, sócia-diretora da Le Postiche, a educação é uma importante ferramenta de inclusão social, pois ela gera oportunidades para que sonhos se tornem realidade, e poder contribuir de alguma maneira para o bem-estar dos estudantes é uma grande alegria. “Não precisamos de grandes atitudes para mudar a vida das pessoas e essa campanha vem para nos ensinar justamente isso. Um pequeno gesto de destinar um objeto que não nos será mais útil, pode resultar em sorrisos de milhares de crianças e jovens”, comenta a empresária.

Para saber mais, acesse www.lepostiche.com.br ouwww.amigosdobem.org.

Sobre a Le Postiche

A empresa iniciou suas atividades em 1978 e se consolidou como a loja que entrega a solução completa em artigos para viagem, bolsas e acessórios, por meio da melhor seleção de produtos e marcas, atendendo aos desejos e necessidades do cliente em lifestyledesign, funcionalidade e momentos de uso. Atualmente, possui cerca de 210 pontos de venda espalhados pelo Brasil, sendo a maior rede de lojas de artigos de viagem e acessórios da América Latina.

Sobre os Amigos do Bem:
Um dos maiores projetos sociais do país teve início em 1993, liderado por Alcione Albanesi. Atualmente, mais de 60 mil pessoas nos sertões de Alagoas, Pernambuco e Ceará são atendidas todos os meses pela Instituição, que visa combater a fome e a miséria. Para promover a transformação efetiva de vidas e a inclusão social, são desenvolvidos projetos de educação e trabalho, além de assistência à saúde e acesso à água e moradia. A Instituição já construiu 4 Cidades do Bem, dotadas de completa infraestrutura, e 4 Centros de Transformação para atender 10 mil crianças e jovens com reforço escolar, atividades extracurriculares e também cursos profissionalizantes. Além disso, desenvolve o potencial de cada localidade, com projetos que geram emprego e renda para milhares de pessoas. Concentrados na cidade de São Paulo, quase 9 mil voluntários multiplicam-se na tarefa de fazer o Bem.      

AS REALIZAÇÕES DA INSTITUIÇÃO

 
  • 1,5 milhão de pessoas atendidas ao longo dos 25 anos de atuação;
  • 60 mil pessoas atendidas todos os meses;
  • 118 povoados carentes atendidos no sertão de Alagoas, Pernambuco e Ceará;
  • Quase 9 mil voluntários;
  • 10 mil crianças e jovens nos 4 Centros de Transformação;
  • 180 mil refeições servidas todo mês para as crianças dos Centros de Transformação;
  • 1.000 empregos gerados no sertão (Fábrica de Beneficiamento, Oficina de Costura, Fábrica de doces e artesanato);
  • Quase 9 mil voluntários;
  • 35 mil m2 de edificações construídas (centros de atendimento, entre outros);
  • 112 cisternas para levar água à população;
  • 31 poços artesianos perfurados;
  • Mais de 400 casas construídas;
  • 35 mil atendimentos médicos e odontológicos por ano;
  • 250 bolsas de estudo para faculdade;
  • 400mi de litros de água distribuídos por ano.

28 de dez de 2018

Interpretação do Ano de 2019 - Sob o olhar da Numerologia


Interpretação do Ano de 2019 - Sob o olhar da Numerologia 

Estaremos iniciando um ano de “colheitas”, o ano de 2019 estará sob a vibração do número 3 – ano da expansão da criatividade, da comunicação e da agitação na vida social.

A tônica do número 3 é a alegria, o otimismo e a festividade.

Será um ano em que a nossa comunicação estará bastante aflorada, um momento onde muitos poderão desabrochar seus dons artísticos (na escrita, no teatro e na música), haverá um favorecimento da auto expressão.

Ocorrerá também uma maior procura pelos teatros e lugares de entretenimento, a cultura será notada e prestigiada.

A imaginação, a inspiração e a ampliação da criatividade poderão nos ajudar na concretização das nossas idéias, mas fique alerta a tendência à dispersão dos seus talentos, deve-se aproveitar este momento para dar prosseguimento a tudo aquilo que é almejado, não perca de vista suas metas e nem desperdice o seu tempo.

Foco é a palavra chave para este ano, antes de iniciar alguma outra coisa, procure concluir o que já começou, assim, conseguirá controlar a euforia e a ansiedade e atingir o seu objetivo real.

O ano 3 traz em si o “dom da palavra”, tenha clareza em sua expressão, certifique-se de que foi bem compreendido, isso ajudará a diminuir os mal-entendidos. Saiba que o silêncio valerá ouro, principalmente em situações tensas, para não sermos mal interpretados, ocorrendo assim, o envolvimento em fofocas desnecessárias. 

A criança interior e a jovialidade estarão presentes o tempo todo, o que nos levará a ter muita vontade de sentir o lado “leve da vida”, é o momento de fazer alguém feliz, de passear, viajar, aproveitando os prazeres, o clima será de otimismo, festas e diversão, o senso de humor nos trará amizades e alegria.

Ano que a vida social será especialmente favorecida, amplie seu networking, abra-se e as oportunidades aparecerão em sua vida.

Sob o aspecto da vida amorosa, a orientação é manter o bom diálogo e a troca de idéias para fortalecer o relacionamento.

Atenção:

Devemos tomar cuidado com os excessos, vícios e gastos desnecessários, a inquietação e a imprudência serão notadas, tenha senso crítico para não ser levado por más influências, valorize a sua opinião própria e mantenha o seu equilíbrio.

Será um ano intenso, precisaremos cultivar a tolerância, a paciência, a concentração e o equilíbrio em nossas atitudes.

Observe os seus momentos de insegurança, porque poderá surgir uma tendência a um sentimento de vitimização, da necessidade de reconhecimento pelo outro, o desejo de dramatização, de imaturidade, apatia e a vontade de isolamento.

De maneira geral, o ano 3 será um ano bastante positivo e de frutificações, o que é seu virá naturalmente para você.

O número 3 representa a tríplice manifestação (Pai, Mãe e Filho), símbolo da trindade, considerado um número da sorte, nos lembra da nossa reconexão com o Todo, da necessidade do cultivo da fé e da esperança.  

Estaremos iniciando o ano com a vibração do número 5 (soma: 01+01+2019 = 14), esta energia realmente marca um momento da necessidade profunda de mudança, é o número da expansão, da curiosidade pelo novo, traz a vontade de substituir velhas idéias, a liberdade é um ponto alto desta virada de ano... libertar-se das velhas amarras e ir em busca de novos horizontes.  Com certeza será uma virada bem leve e descontraída, onde todos sentirão a vontade de brindar um novo amanhã.

Na Astrologia, teremos a regência do planeta Marte, que representa a ação, a força, as paixões e a intensidade em todas as emoções. 

Ele traz a necessidade de autonomia e liderança, impulsiona a busca pelas conquistas, quebrando as dependências e trazendo a coragem de romper barreiras.

Falando sobre o arquétipo de Marte, na Mitologia Grega, era o deus romano, filho de Júpiter e Juno, equivalente a Ares. Em contraste com sua irmã Minerva, que representava a guerra justa e diplomática, ele era o deus da guerra sangrenta, por isso tinha como características, a agressividade e a violência. 

Esta energia terá a tendência de gerar conflitos e competições desmedidas.

Portanto, devemos tomar cuidado com o ímpeto nas discussões, acalmar os ânimos, contar até dez antes de agir, canalizar toda esta energia para a realização, para nos fortalecer no dia-a-dia.

Como Ciclo Maior teremos Saturno comandando, ele estará sob o signo de Capricórnio, isto indica que tudo que precisar mudar, mudará... as coisas entrarão no eixo, ele prima pela retidão de caráter, colocando tudo no seu trilho, nos forçará em nosso melhor, a ter disciplina, então procure segurar as rédeas de sua vida nas mãos e agir corretamente.

Na Astrologia Chinesa, será o Ano do Porco de Terra.  Honesto, feliz, responsável, muito ligado à sua família, amável, generoso, verdadeiro, sincero e bondoso, estas são as características deste lindo porquinho... ele é um grande comerciante, ajudará a movimentar a energia dos negócios, seu elemento Terra é mais estável, trará a energia da concretização dos seus projetos. O ano do Porco sempre atrai muita alegria e a necessidade de apreciar os prazeres da vida, tenha o cuidado com os excessos.

O Arcanjo regente de 2019 será Khamael ou Camael, que significa “Aquele que vê Deus”, dono da espada flamejante e que comanda os exércitos dos Anjos junto com o Arcanjo Miguel.  Remove os obstáculos que impedem a realização da Lei de Deus, corta a influência negativa da Terra.  É o Arcanjo que nos retira das aflições, só pode ser invocado em situações de extrema urgência, sua força é muito intensa.  Em nosso dia-a-dia, podemos contar com a ajuda do Arcanjo Miguel que está mais alinhado a nossa energia.

O Orixá regente deste ano, será Ogum que é símbolo de força, ter Ogum como Orixá regente de 2019 é sinal que serão dias intensos e de que muitas batalhas serão vencidas, abrindo nossos Caminhos e retirando o mal.  Finalizaremos o ano com a energia de Oxum acalmando os conflitos e trazendo a energia do amor e da fartura.

Aproveite a energia tão magnética deste ano para envolver os seus sonhos, trazer para a realidade tudo aquilo que deseja...

Imagine-se num campo realizando uma colheita numa linda plantação de parreiras, onde cada uva colhida possa representar um sonho concretizado. 

Que este simbolismo da uva, possa preencher a sua vida com a fartura, prosperidade, fertilidade e muita saúde.

Desejo um Feliz Ano Novo!!! Um ótimo 2019 para todos!!!!

Adriana Gandini Pezzuol

Terapeuta Integrativa

Terapia Floral de Saint Germain e Numerologia Terapêutica

Conheça minhas redes sociais: www.caminhosoleluz.com.br


https://www.instagram.com/caminhosoleluz


30 de nov de 2018

Você sabe se já sofreu violência psicológica?


Você sabe se já sofreu violência psicológica?


- Como definir e identificar uma violência psicológica?

Violência psicológica é um tipo de agressão que, traz danos ao psíquico e no emocional, ao invés de machucar fisicamente a vítima.

Este tipo de violência é algo muito subjetivo, eu diria que até subliminar em muitas vezes... pode vir de uma forma “velada” também...

É algo que atinge o âmago do nosso EU, posso sugerir que chega a tocar em nossas feridas internas, nos mobiliza e paralisa dificultando uma reação imediata na inserção desta violência.

A pessoa que recebe a crítica sente-se muito sensível no primeiro momento para reagir, fica perdida, fragilizada e refém desta situação ofensiva.

Ela fere o equilíbrio afetivo e a capacidade de tomar decisões.

Um fator que está geralmente ligado à violência psicológica é a dependência afetiva da vítima, a pessoa se submete pelo fato da falta de força para revidar imediatamente, pelo medo da rejeição ou abandono daquela pessoa que mesmo assim tem um valor emocional para a vítima.

A carência afetiva e a necessidade de aprovação dificultam ainda mais o posicionamento frente a esta agressão.

Outros fatores que que podem influenciar a decisão de libertar-se daquela agressão psicológica são os fatores externos também associados, por exemplo: o julgamento da família envolvida, a necessidade pela sobrevivência no trabalho, ou o medo de perder a amizade de pessoas queridas, entre outros fatores aprisionadores.

Geralmente, em muitas situações a pessoa que é agredida não pode contar para outros o que está acontecendo, a violência psicológica, não é percebida tão facilmente por falta das marcas físicas. 

Passa desapercebido pelos outros, até não valorizada, geralmente o agressor sugere a justificativa que a vítima que é a culpada, que exagera, que é muito sensível ou que não foi aquilo que exatamente ele quis dizer, não dá o mesmo peso para a situação, nem percebe o quanto feriu o outro.

Outra questão é que nem sempre própria vítima percebe ou tem a total consciência que está sendo agredida psicologicamente, porque ela está tão inserida no contexto da situação ou envolvida emocionalmente que só perceberá o “estrago” após libertar-se do que lhe agride.

Ela passa desapercebida porque não deixa marcas visíveis, além de não ser considerada socialmente tão grave.

De que forma a violência psicológica deixa traumas nas pessoas?

Muitas vezes estes traumas só são percebidos quando a vítima passa por uma determinada situação similar à que ela sofreu no passado, é então que todos os sentimentos ruins vêm à tona novamente.

Um exemplo um chefe que fazia assédio moral contra um funcionário, onde ele pressionava o mesmo para dar o tipo de resposta que ele gostaria de ouvir, omitindo o tempo todo a sua opinião pessoal somente para corresponder ao que o chefe precisava, o funcionário submetido durante muito tempo a este tipo de coerção, desperta em si um sentimento de baixa autoestima e insegurança dificultando o seu posicionamento em todos os setores de sua vida... gerando feridas internas difíceis de serem cicatrizadas.

Quando a pessoa é submetida durante muito tempo por esta violência psicológica, podem gerar vários tipos de transtorno, podemos citar: isolamento social, crises de ansiedade e pânico, depressão, baixa autoestima, sintomas de estresse pós-traumático e a apresentar risco de suicídio em maior nível do que os que sofreram violência física ou sexual. Entre os três tipos de agressão, a psicológica foi a mais fortemente associada com transtorno depressivo, distúrbio de ansiedade social e generalizada, dificuldade de formar vínculos afetivos e abuso de substâncias.

- Como se dão as violências psicológicas no dia a dia das pessoas?

Alguns exemplos: assédio moral por parte do cuidador, imposição de medo extremo, controle coercitivo, insultos graves, humilhações, ameaças, exigência extrema, rejeição e isolamento.

- Esse tipo de agressão ocorre no âmbito conjugal, familiar, profissional e pessoal (amigos)?

Sim, em todos os âmbitos de relacionamento. 

Geralmente, o agressor tenta inibir o outro ou manipula-lo para abrir mão dos seus próprios sentimentos e pensamentos em pró a sua necessidade e controle.

A principal ferramenta e causa da violência psicológica é inibir as pessoas, deixá-las se sentindo impotente e incapazes de reagir.

As pessoas agredidas costumam até se sentirem culpadas, questionando os seus próprios valores.

- Sofrer uma violência desse tipo deixa as pessoas mais vulneráveis psicologicamente?

Com certeza, por isso, a importância de buscar uma ajuda.

Procure a ajuda de parentes, amigos e profissional (Psicólogo ou Terapeuta).
Tratando os traumas deixados por este tipo de relação, haverá um fortalecimento emocional e a chance de recuperar novamente a sua integridade como ser humano completo.  

Adriana Gandini Pezzuol
Psicóloga e Terapeuta integrativa