20 de set de 2017

Broa Golf Resort: Dia das Crianças conta com praia e shows de magia para a criançada

Foto por Divulgação

O Broa Golf Resort anuncia seus pacotes que garantem diversão de pais e filhos neste Dia das Crianças. Localizado a pouco mais de 200 quilômetros da capital paulista, em Itirapina, apresenta estrutura completa para o lazer e descanso da família. São esportes radicais, náuticos, golf e muito mais. Confira!

Entre seus atrativos, o resort oferece apartamentos com vista para a represa e uma recheada programação de lazer que inclui participações de super-heróis e princesas que irão agitar a criançada com brincadeiras, música e fotos, além de shows de magia, diversão e ilusionismo com o palhaço Tim Tim. Completam a agenda: skibumbum, passeio a cavalo, paintball, master chef kids com oficina de pães, arco e flecha, hidrobagunça, stand up paddle, tirolesa e muito mais.

E enquanto os pequenos se divertem em segurança, o Broa oferece toda uma estrutura de descanso para os pais. A começar pela praia artificial à beira da represa, um espaço perfeito para relaxar apreciando a vista ou tomando um sol.

O Broa conta ainda com um acervo de aeronaves clássicas como Demoiselle, Bleriot, Staggerwing, Aeronca e Xavante que encanta a todos, além de campo de golfe e quadras de tênis.

O resort preparou pacotes especiais para o Dia das Crianças. No período de 11 a 15 de outubro, quatro diárias em apartamento duplo saem por R$3.200,00. Duas crianças de até doze anos têm cortesia do hotel. Além disso, os hóspedes que já estiveram no Broa têm 10% de desconto no pacote.

Mais informações em: www.broagolfresort.com.br.

18 de set de 2017

WZ Hotel Jardins participa do São Paulo Restaurant Week

Foto por Divulgação

Localizado em área nobre de São Paulo, o WZ Hotel Jardins participará pela primeira vez do São Paulo Restaurant Week, um dos principais eventos gastronômicos da cidade. Aberto ao público, o Restaurante 955 do hotel preparou um cardápio especial repleto de delícias exclusivo para o festival, que chega à 21ª edição entre os dias 15 de setembro e 15 de outubro.

No São Paulo Restaurant Week, os menus são completos, com três pratos (entrada, prato principal e sobremesa), e têm preço fixo de R$ 41,90 (mais R$ 1,00 de doação para projetos sociais da Fundação Cafu) para o almoço e de R$ 54,90 (também com o acréscimo de R$ 1,00 para a ação social) para o jantar.

De culinária contemporânea, o cardápio especial do Restaurante 955 tem duas opções para cada prato. No almoço, o cliente pode escolher entre endívia com creme azedo e salmão defumado ou salada primavera de entrada, mezzaluna de filé mignon com mussarela de búfala e tomate seco na cama de batatas ou risoto de Saint Peter com déglacer de laranja como prato principal, e mousse de mirtilo com calda de chocolate e hóstia em isomalte ou biscuit com sorvete de cumaru, praliné de castanha e ovas de maçã verde em creme patissière de sobremesa.

Já o menu do jantar oferece as opções de queijo coalho grelhado com geleia de pimenta ou pão australiano com ragu de cogumelos frescos gratinado com molho limone de entrada, medalhão de filé mignon com molho roti e textura de mandioquinha ou espaguete de legumes com salmão na crosta de grãos como prato principal, e ravióli de morango e vinho branco com creme chiboust e calda de laranja ou minestrone de frutas com nata de iogurte e chia e calda de maçã verde de sobremesa.

Com tarifas competitivas, o WZ Hotel Jardins oferece novas instalações em plena Avenida Rebouças, entre a famosa Rua Oscar Freire e a Alameda Lorena. Na região, estão estações de metrô e lojas das principais grifes da moda. O hotel também fica a poucos quilômetros do Aeroporto de Congonhas e próximo aos principais pontos turísticos de São Paulo, como a Avenida Paulista e o Parque do Ibirapuera.

Além de decoração moderna e quartos confortáveis, o WZ Hotel Jardins oferece restaurante de culinária contemporânea, bar, café da manhã completo, wi-fi gratuito e estacionamento no local. Com o aplicativo “WZ Hotel Luz” é possível interagir com sua fachada exclusiva com luzes LED coloridas, que já é um marco arquitetônico na cidade. Consulte o hotel para preços e disponibilidade. Faça sua reserva no www.wzhoteljardins.com.br para garantir a melhor tarifa – é seguro, fácil e rápido.

WZ Hotel Jardins
Avenida Rebouças, 955 – entre Rua Oscar Freire e Alameda Lorena
Telefones: (11) 3069-0000 / 0800-129422
www.wzhoteljardins.com.br
reservas@wzhoteljardins.com.br

16 de set de 2017

Literatura ajuda no desenvolvimento emocional infantil


A editora Boa Nova sempre pensa em como as crianças devem ter contato com a espiritualidade e bons hábitos. O contato precoce com este universo é extremamente benéfico para o crescimento emocional dos pequenos.
Para auxiliar neste processo, a editora Boa Nova lançou neste mês duas obras. Os mais variados temas são abordados, como família, adoção, raiva, descoberta e amor ao próximo.

Abaixo seguem informações sobre os livros:

Fervi por dentro

Aguar é um Anjo Guardião que, de forma leve e divertida, ensina como lidar com uma das mais fortes emoções que temos: a raiva. Valendo-se de palavras “mágicas”, Aguar transmite informações educativas a pais e crianças sobre essa emoção que nos faz “ferver por dentro”, e que é também um recurso indispensável para nosso crescimento interior quando utilizada corretamente.
Autor: Cleber Galhardi
Gênero: Infantojuvenil

Páginas: 36
Preço: R$ 8,18





A Busca
Dinho é um menino inteligente e carinhoso que mora em um lar para crianças. Nesse lar, ele tem muitos amigos; juntos, estudam e aprendem lições de vida. Seu grande sonho é conhecer seus pais e constituir uma família. O menino quer descobrir sua história para, enfim, desfrutar do mais nobre sentimento que nutre as pessoas: o amor. Embarque nessa viagem e deixe-se emocionar por uma história repleta de surpresas, que nos faz refletir sobre o verdadeiro valor de se ter uma família.
Autor: Cleber Galhardi
Gênero: Juvenil
Páginas: 96
Preço: R$ 14,93



15 de set de 2017

Com treinamentos a cada três semanas, Vale do Sonho destaca salões de convenções


Em meio ao Circuito das Nascentes e com uma mistura de tradição histórica e modernidade, o Vale do Sonho Hotel & Eventos, em Guararema (SP), é a escapada perfeita para o final de semana, feriados, férias e comemorações especiais. O hotel, com localização privilegiada em meio à Mata Atlântica e a margem do Rio Paraíba do Sul, oferece muito mais que uma hospedagem aconchegante e tranquila, mas também experiências inovadoras em cursos e treinamentos emocionais e motivacionais a cada três semanas.

A 80 km da capital paulista, o Vale do Sonho dispõe de uma ampla área de lazer para todas as idades e acomodações confortáveis em chalés e apartamentos. Além de toda a infraestrutura, o hotel recebe cursos e treinamentos há mais de 23 anos. Um deles é o IE Challenge (Inteligência Emocional), treinamento que acontece a cada três semanas e proporciona momentos únicos com o objetivo de trazer paz, autoconhecimento, controle emocional e tranquilidade ao participante.


Além do IE Challenge – realizado pela empresa Challenge, Kotzent Consultores Associados - acontecem outros cursos e eventos no hotel. O Vale do Sonho conta com dois salões de convenções para receber todo o tipo de eventos, de casamentos e festas de aniversário a reuniões corporativas, grupos da melhor idade e escolares. Os espaços têm capacidade para acolher até 200 pessoas.

O treinamento IE Challenge inclui hospedagem e alimentação no Vale do Sonho, material didático, material logístico, CD, foto e certificado de conclusão. Para se cadastrar, acesse: http://www.iechallenge.com.br/

Para mais informações sobre o hotel, acesse: http://valedosonho.tur.br/

Fotos por Divulgação / Vale do Sonho

14 de set de 2017

Ilha Plaza realiza o evento cervejeiro Ilha Beer Festival, com shows de rock e hambúrgueres artesanais



Organização do evento conta com estratégias sustentáveis e doa resíduos recicláveis para ajudar cooperativa de Reciclagem do Jardim Gramacho
 
A onda gourmet que pairou sobre o Rio de Janeiro desembarca no Ilha Plaza neste fim de semana, entre os dias 15 e 17 de setembro, com a realização do Ilha Beer Festival, o primeiro evento de cerveja e gastronomia a céu aberto na Ilha do Governador. As famílias insulanas poderão desfrutar de uma ótima programação de lazer, em um evento que conta com ações sustentáveis, como a do copo ecológico, que reduz a produção de resíduos, e apoio à cooperativa de Reciclagem de Jardim Gramacho, com a doação das sobras recicláveis ao final do evento.
 
Entre as marcas de cervejas confirmadas estão o Barril Beer Truck, de cervejas como a Noi; o Oroboro Beer Truck com a cervejaria Allegra, a famosa Mistura Clássica, e a cervejaria insulana Maracajá. Será uma oportunidade única para os insulanos degustarem as novidades das cervejarias artesanais. O evento contará ainda com uma vasta opção de hambúrgueres, entre elas as das marcas Vulcano Sandwich, que prepara os mais deliciosos sanduíches de costela desfiada; Texas Burguer e o Jacques Burguer. A Calavera traz as diferentes opções de petiscos para serem degustados com as cervejas. A marca apresenta suas receitas de burritos, burritos doces criados especialmente para o público brasileiro, tortilhas, nachos e quesadillas.
 
Os doces artesanais como brigadeiros e brownies também marcam presença no Ilha Beer Festival. A Bike Brownie Nobre traz seus brownies que podem ser simples ou recheados; a Choconika conta com bolos de pote e brigadeiros caseiros; e a Mania de Churros Gourmet expõe suas opções irreverentes de churros.
 
A iniciativa pensada pelos organizadores do evento para evitar a produção de lixo na ação será um dos diferenciais. O público poderá adquirir um copo ecológico reutilizável por R$ 5, que substitui o copo plástico. Ao final, poderá leva-lo para casa ou resgatar os R$ 5 do depósito inicial. 
 
Além das comidinhas e cervejas especiais, o G3, local onde será o evento, contará com a presença de bandas insulanas de rock nos três dias, sexta, sábado e domingo, às 20h, além de brinquedos infláveis e pula-pula para a criançada se divertir. O evento ainda contará com uma área pet para que os bichinhos estejam junto com os seus donos durante o evento.
 
Todas as informações sobre os expositores estão sendo atualizadas no evento criado na página oficial do Ilha Plaza Shopping, no Facebook.
 
Serviço
Ilha Beer Festival
Data: 15, 16 e 17 de setembro | sexta, das 17h às 23h; sábado, de 15h às 23h e domingo, das 15h às 22h.
 
Programação dos shows
- Sexta-feira, dia 15 de setembro: show da banda Stoned (Tributo a Rolling Stones)às 20h;
- Sábado, dia 16 de setembro: 4x Rock, às 20h;
- Domingo, dia 17 de setembro: Charles Bronson Rio, às 20h.
Recreação infantil

Área Pet

Dramaturga escocesa Linda McLean abre a programação do 9º Ciclo do Núcleo de Dramaturgia SESI-British Council dia 25 de setembro







9º Ciclo do Núcleo de Dramaturgia SESI-British Council traz ao Brasil a dramaturga escocesa Linda McLean com programação que destaca as mulheres na dramaturgia
Com foco sobre a dramaturgia criada por mulheres, a programação traz as dramaturgas Linda McLean (Escócia) e Silvia Gomez (Brasil), a jovem autora Carol Pitzer e a pesquisadora e militante em defesa da mulher negra Rosane Borges. Palestras, rodas de conversa, leituras dramáticas e workshops debatem sobre a criação autoral feminina atual.
Vencedor do 28º Prêmio Shell de Teatro, na Categoria Inovação, o Núcleo de Dramaturgia SESI-British Council - com coordenação da jornalista e dramaturga Marici Salomão e assistência do diretor e dramaturgo César Baptista - apresenta o  Ciclo do Núcleo de Dramaturgia SESI-British Council. Com o tema Ser Dramaturga, o evento  acontece de  25 de setembro a 1º de outubro, no Centro Cultural FIESP - Ruth Cardoso, em São Paulo. Todas as atividades são gratuitas e abertas ao público.

9º edição do Ciclo pretende abordar questões sobre o ofício e suscitar o debate sobre a relevante desigualdade numérica existente entre homens e mulheres que escrevem para o teatro. Entender o papel da mulher dramaturga, focando as experiências de escrita e a inserção em um mercado ainda caracterizado por machismo, sexismo e racismo, além de explicitar as dificuldades e resistências enfrentadas no exercício na profissão.

Linda McLean, dramaturga escocesa radicada em Glasgow (Escócia), faz a abertura, dia 25 de setembro, às 20h, ao lado da premiada dramaturga brasileira Silvia Gomez. Juntas contarão suas experiências na escrita teatral, sob a perspectiva feminina. 
Em sua peça Sex & God, Linda McLean trata sobre a religião e o sexo por meio de histórias de quatro mulheres, cada uma vivendo em diferentes épocas do século 20. Silvia Gomez é autora das peças O Céu Cinco Minutos Antes da TempestadeMantenha Fora do Alcance do Bebê (vencedora dos prêmios de melhor dramaturgia APCA 2015 e Aplauso Brasil 2015, além de indicada ao Prêmio Shell) Marte, Você Está Aí?, que trazem mulheres como protagonistas.
A peça Sex & God, com apoio da escola Cultura Inglesa, ganha leitura inédita no Brasil, com direção de Laerte Mello, no dia 26 de setembro, às 21h. Oelenco é formado por Ana Paula Dias, Carolina Faria, Fernanda Gama e Flávia Sgavioli.
A pesquisadora, jornalista e militante em defesa da mulher negra, Rosane Borges, faz palestra no dia 26 de setembro, às 19h, sobre o tema Crise de Representação e a Emergência de Novas SubjetividadesA autora pretende abordar os modos como as mulheres negras vêm reivindicando acesso à soberania negada, tomando o campo das artes e da dramaturgia como nexo estratégico para ganhar visibilidade no espaço social, ainda marcado por profundas assimetrias. 
Linda MccLean, usando suas experiências de escrita, propõe maneiras para criar uma peça que tem como modelo/padrão o jeito do próprio dramaturgo pensar o mundo. Para isso, ministra uma oficina com o tema A forma Que Nos Contornade 27 a 29 de setembroAs inscrições devem ser feitas de 11 a 15 de setembro Os dramaturgos interessados devem enviar currículo e carta de interesse para o e-mail artescenicas@sesisp.org.br.
O espetáculo Enquanto Ela Dormia, em cartaz no Centro Cultural Fiesp, fruto da orientação do Núcleo de Dramaturgia SESI-British Council, também faz parte da programação. A autora Carol Pitzer, a diretora Lili Monteiro e a atriz Lucienne Guedes participam de uma roda de conversa, mediada por Marici Salomão, acerca da criação do espetáculo, que trata de um tema cada vez mais exposto nas artes: o abuso sexual de mulheres. O encontro acontece nodia 1º de outubro, às 19h30, logo após a sessão do espetáculo. O texto foi escolhido entre 12 peças produzidas na 8ª turma do Núcleo de Dramaturgia SESI-British Council.
O Ciclo visa ainda à discussão sobre questões que devem ser hoje pensadas no âmbito da escrita teatral feita por mulheres. E não só os temas relativos à mulher branca. Estamos sintonizadas em também levantar questões sobre a voz das criadoras negras. Cada vez mais, a luta pela igualdade de direitos e representatividade se faz no mundo das artes. O Ciclo mais uma vez caminha em paridade com as prementes questões que pulsam hoje em nossa sociedade,” explica Marici Salomão.

“Nos últimos nove anos, o Núcleo de Dramaturgia SESI-British Council procurou manter-se firme em sua missão de formação de dramaturgos brasileiros, sempre promovendo a troca com metodologias e processos de formação desenvolvidos no Reino Unido. Este ano a voz da mulher no teatro ganha os palcos do Ciclo e constitui a programação. E é fundamental que este espaço seja de troca com todo o público brasileiro para refletirmos o poder das artes na equidade de gênero”, completa Liliane Rebelo, gerente de artes do British Council Brasil.

Núcleo de Dramaturgia SESI-British Council
O Núcleo de Dramaturgia SESI-British Council foi lançado em 2007, a partir de uma parceria estabelecida entre as instituições com o objetivo de descobrir novos dramaturgos e desenvolver suas habilidades na escrita.

O projeto estimula a invenção e descoberta de novos paradigmas para a criação de dramaturgias que expressem diferentes visões de mundo, linguagens e experimentações estéticas, livres dos padrões do teatro tradicional e comercial.

Inspirados nessa prática pedagógica, foram criados o Núcleo de Dramaturgia SESI-Teatro Guaíra, no Paraná, em 2009, e o Núcleo de Dramaturgia SESI Cultural, no Rio de Janeiro, em 2014, comprovando a capacidade de replicação de boas práticas em outros centros importantes de produção teatral. 

Sobre o British Council
O British Council é a organização internacional sem fins lucrativos do Reino Unido para relações culturais e oportunidades educacionais. Seu trabalho busca estabelecer a troca de experiências e criar laços de confiança por meio do intercâmbio de conhecimento e de ideias entre pessoas ao redor do mundo. A organização está presente em mais de 100 países e trabalha com parceiros, como os governos, em diversas instâncias, organizações não governamentais e iniciativa privada, em ações relacionadas à promoção da língua inglesa, cultura, artes, educação e programas sociais.  Informações: www.britishcouncil.org.br.

SESI-SP Cultura
Há mais de 60 anos, o SESI-SP fomenta e difunde manifestações artísticas em diversas linguagens, contribuindo com a melhoria da qualidade de vida dos industriários e da comunidade. Na capital e em todo o Estado de São Paulo, o Centro Cultural Fiesp – Ruth Cardoso – e os 54 centros de atividades culturais da instituição atendem cerca de 2,5 milhões de pessoas anualmente, com ações educativas e ampla programação gratuita composta de espetáculos teatrais, musicais e de dança, encontros literários, mostras de cinema e exposições.

Programação 9º Ciclo do Núcleo de Dramaturgia SESI-British Council

9ª Ciclo do Núcleo de Dramaturgia SESI-British Council – Tema SER DRAMATURGA
Centro Cultural FIESP – Ruth Cardoso

Abertura
Ser Dramaturga.
Dia 25 de setembro, segunda-feira, às 20h.
Encontro de abertura com a dramaturga escocesa Linda McLean e a brasileira Silvia Gomez.
Reservas antecipadas pelo site sesisp.org.br/meu-sesi, a partir do dia 10 de setembro. Os ingressos remanescentes serão distribuídos no dia do evento, a partir das 13h, na bilheteria.
Local: Teatro do SESI-SP.
Capacidade: 456 lugares.
Classificação: Livre.

Palestra
Crise de Representação e a Emergência de Novas Subjetividades com Rosane Borges.
Dia 26 de setembro, terça-feira, às 19h.
Reservas antecipadas pelo site sesisp.org.br/meu-sesi, a partir do dia 10 de setembro. Os ingressos remanescentes serão distribuídos no dia do evento, a partir das 13h, na bilheteria.
Local: Mezanino.
Capacidade: 50 lugares.
Classificação: Livre.

Leitura Dramática
Sexo e Deus de Linda McLean.
Direção: Laerte Mello.
Com Ana Paula Dias, Carolina Faria, Fernanda Gama e Flávia Sgavioli.
Dia 26 de setembro, terça-feira, às 21h.
Os ingressos serão distribuídos na entrada do Espaço Mezanino, no dia do evento, a partir das 20h30, de acordo com o número de lugares disponíveis.
Local: Mezanino.
Capacidade: 50 lugares.
Classificação: Livre.

Workshop
A Forma Que Nos Contorna com Linda McLean.
De 27 a 29 de setembro, quarta a sexta, das 18h às 22h.
Os interessados devem enviar CV e Carta de Interesse para seleção, no e-mail artescenicas@sesisp.org.br, de 11 a 15 de setembro.
*Evento com tradução consecutiva. 
Público-alvo: dramaturgas e dramaturgos.
Pré-requisito: acima de 18 anos.
Carga horária: 12 horas.
Local: Espaço Sala de Ensaio – 2º Subsolo.
Capacidade: 4 vagas para público externo.

Roda de conversa
Conversa sobre a peça Enquanto Ela Dormia.
Com Eliana Monteiro, Carol Pitzer e Lucienne Guedes.
Mediacão: Marici Salomão.
Dia 1º de outubro, domingo, às 19h30.
Local: Mezanino.
Capacidade: 50 vagas
Reservas antecipadas pelo site sesisp.org.br/meu-sesi, a partir do dia 25 de setembro. Os ingressos remanescentes serão distribuídos no dia do evento, a partir das 13h, na bilheteria.
Classificação: Livre.



Sobre Linda McLean
Dramaturga escocesa, nascida e radicada em Glasgow. Suas peças incluem as premiadas Every Five MinutesAny Given DaySex & GodStrangers, babiesShimmerRiddance e One Good BeatingEm 2016, Linda escreveu uma adaptação da obra The View From Castle Rock, de Alice Munro para a companhia Stellar Quines e o Edinburgh International Book Festival. Foi Creative Fellow do Instituto de Estudos Avançados em Ciências Humanas da Universidade de Edimburgo em 2011, e presidente do Playwrights Studio Scotland de 2008 a 2015. É artista associada do Magic Theatre, San Francisco. Uma antologia do seu trabalho, traduzida para o francês por Sarah Vermande e Blandine Pelissiér, foi publicada em 2015 pela Actes Sud-Papiers.

Sobre Silvia Gomez
Formada em Comunicação Social pela Universidade Federal de Minas Gerais, estudou teatro em Belo Horizonte, onde nasceu, em 1977. Morando em São Paulo desde 2001, sempre atuou como jornalista e dramaturga. De 2003 a 2011, integrou o Círculo de Dramaturgia do Centro de Pesquisas Teatrais (CPT-SESC), grupo dirigido por Antunes Filho, onde encenou a peça O Céu Cinco Minutos Antes da Tempestade, publicada no livro Círculo de Dramaturgia, em 2006, pela Editora Sesc. Traduzido para o espanhol, o texto também figurou no livro Teatro Contemporáneo Brasileño, lançado em 2014 pelo Ministério das Relações Exteriores, e depois teve versões para o francês, sueco, alemão, inglês, italiano e mandarim. Escreveu e encenou ainda O Amor e Outros Estranhos RumoresAbra a Janela Antes de Começar e Mantenha Fora do Alcance do Bebê, esta vencedora dos prêmios de melhor dramaturgia APCA 2015 e Aplauso Brasil 2015, além de indicada ao Prêmio Shell. Em 2015, integrou o projeto Curioso, residência de dramaturgia Brasil-Escócia organizada pelo British Council em parceria com Playwrights' Studio. Este ano, entrou em cartaz com a peça Marte, você está aí?, em São Paulo.

Sobre Rosane Borges
Jornalista, pós-doutoranda em Ciências da Comunicação pela ECA-USP, professora do Celacc (Centro de Estudos Latino-Americanos em Comunicação e Cultura) da USP e da Universidade São Judas Tadeu, autora de diversos livros, entre eles Espelho Infiel: O Negro no Jornalismo Brasileiro (2004), Mídia e Racismo (2012), Esboços de Um Tempo Presente (2016). É articulista das Revistas Carta Capital e Cult Digital e do blog da Editora Boitempo.

Instituto Rubem Alves | Raquel Alves apresenta Crisálida com palestra gratuita na Livraria Cultura de Campinas






Filha do escritor Rubem Alves celebra o lançamento de sua primeira obra no dia do nascimento do pai

Quinze de setembro é uma data repleta de significados para Raquel Alves: dia do nascimento de seu pai, Rubem Alves, que se estivesse por aqui comemoraria 84 anos, e também dia do lançamento de sua primeira obra infantil, Crisálida, a cigarra que gostava de primavera, em Campinas, sua cidade natal. Para comemorar esse dia especial, Raquel palestra sobre o tema “Ostra feliz não faz pérola”, no auditório Eva Herz, da Livraria Cultura de Campinas, às 19h30.
 Na palestra, Raquel Alves conta com a participação da jornalista Edlaine Garcia e fala sobre absorver o charme que há em cada canto da vida para que nossos dias não passem despercebidos. Enquanto uma relata fatos reais da própria vida, a outra recheia a palestra com a literatura de Rubem Alves. “Estarmos profundamente ligados ao viver significa sujeitarmo-nos a sentir as dores da vida que nos são apresentadas com intensidade. Mas seria um desperdício apenas viver uma dor sem fazer nada para melhorá-la. E quem é capaz de melhorar a dor de um pode melhorar a dor de muita gente”, relata Raquel.
 O nome da palestra faz referência à obra de Rubem Alves Ostra feliz não faz pérola, um livro que aborda abeleza produzida por meio da dor; o ato criador surge sempre de uma dor. Escrever Crisálida, a cigarra que gostava de primavera foi um momento como esse para Raquel. “Quando eu era criança, brincava que seria escritora e que meu pai escreveria a introdução do meu livro. Fui crescendo e me desliguei disso. Quando meu pai faleceu, em 2014, essa vontade de escrever voltou. Diante de situações que me doíam, eu escrevia. Acho que é a tal da ostra que está incomodada”, confessa.
 Crisálida, a cigarra que gostava de primavera apresenta ao leitor a história de uma cigarra que, assim como todas as outras, vivia debaixo da terra até o dia em que sobe no tronco de uma árvore e descobre que o mundo lá fora, em torno do sol, é muito mais bonito.
 Raquel dedicou Crisálida ao pai, que dedicou muitas de suas histórias a ela. O livro Como nasceu a alegria, que está sendo relançado este mês pela Editora Adonis, foi uma dessas histórias dedicadas a Raquel.
A história de uma flor que ao nascer cortou uma de suas pétalas em um espinho serviu para ajudar a filha caçula, que nasceu com lábio leporino, a lidar com a dor dos olhares e das perguntas que as outras pessoas faziam para ela. No livro, Florinha convivia muito bem com sua pétala rachada até o momento de receber os olhares e os comentários das demais flores, o que lhe causava grande sofrimento.
 Para participar da palestra que marca o lançamento do livro Crisálida, de Raquel Alves, e da nova edição de Como nasceu a alegria, de Rubem Alves, os participantes são convidados a levar uma lata de leite em pó NAN. A arrecadação será revertida à Smile Train, entidade internacional que atende crianças com fissura de lábio e palato. Mais informações no site www.rubemalves.editoraadonis.com.br/ostra-feliz-nao-faz-perola

Serviço:
Lançamento com palestra “Ostra feliz não faz pérola”
Dia 15 de setembro, às 19h30, na Livraria Cultura